:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Jornal Velho

Recortes e papéis de ontem, de duas décadas, do mês passado, de hoje - o pesadelo do pessoal de limpeza.


.:: mês anterior :: :: :: :: November 2003 :: :: :: :: próximo mês ::.

27 Novembro

Vestibular

Rubem Alves defende na Folha que o vestibular seja trocado por um sorteio, proposta que ele mesmo chama de utópica, insólita e 'aparentemente' absurda, mas que parece levar a sério. Oferece 5 argumentos interessantes. Dizem que assim que conseguir este feito volta suas enegias para a construção de um moto-perpétuo.
16:33:24 - Mathieu -

25 Novembro

Dois pesos, duas medidas

Sobel defende a pena de morte. Hebe, idem. Sempre achei que eles tinham alguma coisa em comum além do penteado extravagante. Sinto-me vingado.
11:10:51 - Sorel -

22 Novembro

Mais Urbanismo

Deu na mídia:
“Nos cafés das Avenidas, grupos de intelectuais, jornalistas, comerciantes, reúnem-se para refresco e dois dedos de prosa. De que falam? Ouçamos, discretamente, uma conversa:
‘Hoje, até as mulheres são mais lindas, repara. A princípio, andei a supor que a idade é que me fazia vê-las mais lindas, mas não. (...) Para mim, sabes a quem a Mulher de hoje deve o realce encantador de sua beleza e elegância?
[Leia mais!]
09:28:01 - Zeno -

19 Novembro

Rivalidades I

[Sobre a inauguração, no Rio de Janeiro, de mais um café/restaurante dentro de uma livraria:] "Os paulistas, tão orgulhosos de suas megastores, agora morrem de inveja. Há pelo menos três projetos em andamento para levar o modelo carioca de livraria-café para animar a vida intelectual da cidade [de SP]. O mais ousado deles pode unir uma rede de livrarias com a cara do Rio com um conhecido restauranteur paulista que, mal se mudou para perto da praia, virou freguês assíduo."
Jornal do Brasil, 15/11/2003

(do nosso enviado especial ao Rio de Janeiro)
13:38:21 - Zeno -

Eu também já fui brasileiro como vocês

Brasileiro, quando o nome aparece no século XVIII, era o sujeito que cortava o pau-brasil. O pau-brasil era um monopólio da Coroa, mas um monopólio arrendado – terceirizado, como se diz hoje. Tanto que, originalmente, "brasileiro" em Lisboa era dito de maneira derrogatória. Hipólito José da Costa, por volta de 1816, 1817, ainda levanta o problema no Correio Braziliense: seremos independentes daqui a pouco, como vamos chamar-nos? Para ele, havia três possibilidades: brasileiro, brasiliense e brasiliano. Brasiliano não podia ser, porque brasiliano desde o começo eram chamados os índios. Brasileiro era o cortador de pau-brasil. "Eiro" é um sufixo de profissão, como ferreiro, marceneiro. O normal seria nos chamarmos brasilienses. E é por isso que ele chamou o seu correio de "Braziliense".

(trecho de entrevista de Evaldo Cabral de Mello para o número 1 da revista Nossa História, de novembro de 2003, à venda nas melhores bancas brasilienses.)
11:33:29 - Zeno -

Inauguração da Avenida Central, Rio de Janeiro (1905)

Deu na mídia:

"Lembro-me sempre, por mais que queira esquecer, a amargura, o desespero com que pusemos os olhos rebrilhantes de orgulho naquele carro atulhado de caboclos, que a mão da providência meteu em préstito por ocasião das festas do Congresso Pan-Americano. A cabeleira da mata virgem daquela gente funesta ensombrou toda a nossa alegria. E não era para menos. Abríamos a nossa casa para convidados da mais rara distinção e de todas as nações da América. Recebíamos até norte-americanos!
[Leia mais!]
10:41:07 - Zeno -

18 Novembro

Kelly Key quer cantar até o 7º mês de gravidez

Segundo sua assessoria de imprensa, Kelly irá seguir com sua turnê até o 7º mês de gestação. Até lá, algumas de suas coreografias devem sofrer alterações. Mas a cantora ainda não pensa nisso.
Sem sentir enjôos e em ótima forma, Kelly Key continua tendo desejo de comer batata recheada [zeno: grifo nosso]. A cantora está grávida de 3 meses e ainda não descobriu o sexo do bebê.(O Fuxico)

Lôco, né?
14:34:46 - Mathieu -

Bagdá on the rocks

Manchete mais ou menos lembrada de um exemplar d’O Planeta Diário da década de oitenta, sobre o conflito Irã-Iraque: “Marcelo Alencar, Mario Henrique Simonsen e Jânio Quadros são contra o cessar-fogo no Iraque”.
12:56:04 - Zeno -

13 Novembro

E os pontos na carteira?

eros
Deu no Frankfurter Allgemeine de ontem: Gregory Nemitz, fundador da empresa Orbital Development (com sede em Carlson City, Nevada, EUA), está processando a NASA por uma multa de estacionamento proibido no valor de 20 dólares, referente ao pouso da sonda Near no asteróide de Eros, em 12 de fevereiro de 2001. Nemitz afirma que registrou a posse do asteróide junto ao Archimedes Institute, especializado em propriedades imobiliárias extraterrestres. A NASA disse que não vai pagar. Nemitz pretende levar o caso à Suprema Corte americana, por acreditar se tratar do “direito inalienável de pessoas físicas de herdar e adquirir bens imobiliários”.
16:58:33 - Mathieu -

O rosto com que fita é Portugal

Deu na mídia: num encontro com empresários portugueses (sempre eles), o vice-presidente José Alencar causou constragimento ao declarar que Portugal representa, para o Brasil, a porta de entrada no mercado europeu, “um mercado de 400 milhões de habitantes”. O presidente português Jorge Sampaio respondeu que Portugal não era uma “porta”, mas um “país produtor”. Sem querer apimentar a polêmica, façamos nossas as imortais palavras de Juca Chaves, que anos atrás já alertava: “Viajei para Portugal, depois para a Espanha e em seguida fui para a Europa”.
09:50:18 - sattin -

12 Novembro

Ao Homem do século XXI - II

Deu no Estadão:

Preso mais um acusado de matar namorados

Polícia já prendeu dois acusados. O menor R.A.A.C. confessou o crime, entregou os comparsas e revelou o local dos crimes. Felipe morreu com um tiro na nuca. Liana, com 15 facadas, três dias depois de Felipe.

(...)
11:40:08 - kobashi -

06 Novembro

"PDS já está fora", diz PT

(O Estado de S. Paulo, 03/10/1982)

Com críticas a Franco Montoro, Reynaldo de Barros e ao regime militar, o candidato do PT ao governo [Zeno: estadual], Luís Ignácio Lula da Silva, falou ontem aos portuários no cais de Santos, onde assegurou que o PDS “já está fora do páreo” e a disputa em São Paulo será travada entre o PT e o PMDB. Sua visita à cidade começou pela manhã, com uma visita ao comitê central do partido, seguida do discurso para cerca de 200 trabalhadores no armazém 35 do cais.
[Leia mais!]
15:26:58 - Zeno -

04 Novembro

Raquel de Queiroz

Trecho de entrevista a Cynara Menezes, Folha de São Paulo, 1992:

FSP - Você foi, é uma pessoa feliz?
RQ - Feliz, propriamente, não. Tenho uma natureza conformada com as circunstâncias.
FSP - Então por que, nas fotos, está sempre sorrindo?
RQ - Porque fico muito feia quando estou séria. Tenho duas rugas grandes ao redor da boca.
18:39:20 - kobashi -

.:: mês anterior :: :: :: :: November 2003 :: :: :: :: próximo mês ::.