:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Tectum Intuentes

Ociosidade produtiva - textos reflexivos, anotações íntimas, sacanagens e demais ressentimentos.


.:: mês anterior :: :: :: :: June 2004 :: :: :: :: próximo mês ::.

29 Junho

Pequena contribuição para o Aclaramento de Novas Expressões da Língua Portuguesa

"É show"

Locução polissêmica conhecida por nunca designar ao mesmo tempo o mesmo objeto para o falante e o ouvinte. Aplicada indistintamente a bens, pessoas e situações, perdeu com isso o contato com suas origens referenciais que garantiam univocidade de significado, a saber, quando alguém perguntava, por exemplo, se o tumulto na rua era causado por manifestação política ou show artístico, tinha como resposta: "É show". Hoje, serve para designar aquele sofá horroroso que vem encartado no jornal de domingo, aquele bar descolado que serve caipirinha com grãos de pimenta rosa e aquele projeto de armário embutido que você encomendou a um marceneiro que usa pulseiras – plural, claro – douradas.
16:57:46 - Zeno - 6 comentários

25 Junho

Momento gastro-confessional

Passei uns bons anos à procura de uma nutricionista para me casar. Imaginava um idílio matrimonial composto por uma dieta balanceada, uma boa alimentação, cuidados variados com leguminosas e frutas exóticas, etc. Até o dia em que vi uma delas num programa de TV anunciando as vantagens nutricionais de um pudim de casca de banana. Meu mundo, minha ficha e minha ereção caíram de um só golpe e me vi à deriva alimentar por outros bons anos. Agora, depois de comer um cheese cake de laranja num restaurantchi metido a besta em Buenos Aires, e com as domésticas vênias cabidas (beleza de cacófato), brado para a autora da sobremesa: Pamela! Donde estás tu, para alegrar os poucos anos que me restam com as rútilas e opíparas jóias da pâtisserie portenha e internacional?

(do nosso enviado especial e postre-maníaco a Buenos Aires)
15:58:11 - Zeno - 4 comentários

22 Junho

Tarjeta Mastercard

-café com medialunas: 3 pesos
-o Clarín com a cobertura do épico Boca vs. River: 1,30
-depois de mais de vinte anos de idolatria, ver um show en vivo de Les Luthiers: não tem preço.

Para os almoços, jantares e libros, existe la tarjeta. Cuja fatura virá, mais fatalista que um tango, anunciada pelo filho do Menem nascido no final do ano passado – el hijo de la bestia apocalíptica, segundo um taxista mais bem-humorado.

(do nosso enviado especial e macaquito de auditório dos Luthiers a Buenos Aires)
13:40:49 - Zeno - 3 comentários

15 Junho

Problemas com um amor destrutivo?

Don't set me free
And leave me all alone
Don't make me be
Just a rolling stone
Lock me up and throw the key away
Make me a prisoner night and day
And whatever you do to me
Don't set me free

Don't set me free
On my knees I pray
Have mercy on me
Don't send me away
Like a train jumpin' off a track
Without ya baby, I'd blow my stack
And whatever you do to me
Don't set me free

Like a stamp on a letter, if you let me stick with you
I could love you better than anyone else can do

So don't set me free
Though I've done you wrong
Baby can't you see
Without you I can't get along
Keep me in a state of agony
Make me miserable as can be
And whatever you do to me
Don't set me free

(homenagem parte II do blog ao ray no no no don’t set me free charles)
11:13:12 - Zeno - Comentar

09 Junho

Quem te viu


O nome da moça é Amanda Acosta. Pode até ser que este 'A' seja defeito de nascença, mas há quem garanta que foi obra da pajelança de um numerólogo de Santo André que já arrumou a carreira de muita gente: Felipe Mattos, Ricaardo Britho e Ronaaldho do Resenda são só alguns exemplos (tudo bem, a carreira deles não vai tão bem assim, mas o cara parece que é bom). Enfim, vimos, ouvimos e adoramos a moça, eu, Zeno, Dr. Pinto e o grande Mirandinha. Como Elis Regina, ela é muito melhor que a Maria Rita, e seu passado no Trem da Alegria (lembra?) quase não incomoda. Um toco de gente mas uma gigante no palco. Guarde este nome: Amanda Acosta. Contamos com você.

www.amandaacosta.com.br
21:18:51 - Sorel - 7 comentários

07 Junho

Para começar a semana com otimismo


VENTILATOR BLUES
(M. Jagger/K. Richards/M. Taylor)

When your spine is cracking and your hands, they shake,
Heart is bursting and you butt's gonna break.
Your woman's cussing, you can hear her scream,
You feel like murder in the first degree.
Ain't nobody slowing down no way,
Ev'rybody's stepping on their accelerator,
Don't matter where you are,
Ev'rybody's gonna need a ventilator. [Leia mais!]
15:47:54 - hubbell - 1 comentário

03 Junho

Tolerância zero é lá em casa

Meu filho de dois anos ganhou do tio-avô um carrinho de polícia que é um primor de incorreção política. Ao ligar o bichão, uma voz de dentro do carro grita num inglês com sotaque mandarim: "Don’t move!". Passam-se alguns segundos, a voz dá outro aviso: "Drop your gun!". Mais um tempinho, bem pouco, abrem-se as duas portas laterais e a porta traseira, de onde saem três bonequinhos com metralhadoras gritando: "Fire! Fire! Fire!". Seguem-se dezenas de disparos bem barulhentos, as três portas se fecham, tem-se alguns segundos de descanso e tudo começa novamente. Se eu tivesse ganho um brinquedo desses quando garoto, não sei se estaria aqui martelando pixels num bloguezinho.
18:18:55 - Zeno - 3 comentários

02 Junho

É uma conspiração, é uma conspiração!

Deu no Frankfurter Allgemeine que a Deutsche Welle/TV está prestes a cancelar suas transmissões em língua espanhola. O articulista do jornal esculhamba a programação desanimada da emissora e afirma que se a BBC produzisse programas em alemão, não haveria razão para se sintonizar a DW no exterior... Depois que noticiamos aqui o cancelamento da emissora na grade da Net, e depois que recebemos um e-mail "agradecemos sua visita" como resposta da Deutsche Welle a respeito do cancelamento brasileiro, só resta depositar uma flor murcha (serve uma porção de sauerkraut) em cima da TV e repetir baixinho: "Not with a bang but a whimper."
14:25:28 - Zeno - 2 comentários

Mais um furo do Hipopótamo Zeno

Para os sofredores dos transtornos paulistanos da prefeita Marta, criticados até por seu rebento Supla em programa educativo recentemente exibido pela EmeTeVê ("Pô, cara, olhaí o engarrafamento – essa prefeita é foda!"), nosso bloguezinho traz em primeira mão uma foto do atual estado do buraco da Avenida Rebouças. Tá com jeito de acabar antes da eleição, com o que corremos sério risco de perder duas garrafas de uísque apostadas (de que ela não se reelegeria, bien sûr). Espiem só:

buraco

(crdt álvaro p., interessado em não perder a aposta)

(crdt da foto: carolina gimenez)
12:50:19 - Zeno - 3 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: June 2004 :: :: :: :: próximo mês ::.