:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Tectum Intuentes

Ociosidade produtiva - textos reflexivos, anotações íntimas, sacanagens e demais ressentimentos.


.:: mês anterior :: :: :: :: February 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.

26 Fevereiro

Meu coração amanheceu pegando fogo

Preciso acabar com essa mania de fazer etnografia culinária nos finais de semana. Sábado passado foi dia de restaurante coreano, ali na Aclimação: U Re Mi, que em coreano deve querer dizer Um Nove Três, o fone dos bombeiros.

Não era ruim, longe disso. A salada de frutas, por exemplo, até veio sem pimenta. A cerveja também. E só. Tudo delicioso, sobretudo se o cidadão não tem que ir regularmente ao colo-reto-procto.

Aí este sábado foi dia do Mestiço, que fica no quadrilátero gay compreendido pelas vias Frei Caneca, Berrini, Marginal do Pinheiros e Nova Cantareira —ou seja, quase toda São Paulo. Não sei se era o dia, mas parecia haver algum tipo de simpósio delas no restaurante, tamanho o alvoroço.

O meu Bloody Mary —um risco a pedir num restaurante GLS, mas vá lá, gosto de viver perigosamente— estava insosso. A carne fulana-de-tal da minha senhora (não a dela, mas a que ela pediu!) veio boa, mas como pimenta no curry alheio é refresco, estava incomível: foi trocada por uma salada de lulas, que não descobrimos se eram de látex ou de silicone mesmo. O macarrão tailandês estava ok, mas não valeu a meia hora de espera. O parfait de chocolate belga (disseram que era, mas não vimos o passaporte e não podemos asseverar), esse sim, estava estupendo, a despeito da porção de faquir.

Ou seja, Zeno, o velho e bom Pasquale é melhor porque não tem erro, e não tem erro porque é melhor.
23:25:01 - Pinto - 8 comentários

23 Fevereiro

Volta às aulas

De repente, Cabaceiras ficou pequena demais para mim.
16:07:38 - Zeno - 5 comentários

17 Fevereiro

Ambrosia, hidromel e outros manjares

O site é simples, está em construção e ainda não faz jus aos doces que eles são capazes de materializar nesta dimensão terrena, mas se você estiver em São Paulo, desesperado por uma sobremesa dos céus, e não saciar logo seu desejo com Les Enfants Sucrés, correrá o risco de incorrer em equívoco grave.

Tem uma torta-musse de chocolate decorada com flores (comestíveis!) de calêndula que é assim uma coisa.
09:30:00 - hubbell - 5 comentários

16 Fevereiro

Vida que teima

As quaresmeiras voltam a colorir de roxo o cinza de São Paulo. Antes tinham sido os ipês e as acácias, amarelos. Diz-se que, submetidas a tanta poluição, florígenas são mais precoces e intensas: sabem que não podem resistir muito e precisam dizer a que vieram neste mundo.

Belo, ainda que triste, não?
15:00:00 - Pinto - Comentar

14 Fevereiro

Habemus melodia

"Secret Migration", obra-prima do Mercury Rev, obtém a proeza de superar os CDs anteriores.

Como ainda é difícil de encontrar nas lojas, faça já o seu e emocione-se com "Secret For A Song", "Vermillion" e "First Time Mother's Joy".

Vamos lá: mostre que você tem um coração.
11:03:32 - Pinto - Comentar

12 Fevereiro

notas preta

esses
a gente podia se cotizar
e sair por aí
saracoteando
as garotas
19:35:02 - John Self - 2 comentários

09 Fevereiro

Momento Mastercard

-Receber um telefonema do Pinto pra avisar que tem um salmão fresco na geladeira: 70 centavos, conforme a operadora.
-Ter um japa de prontidão pra fatiar o peixe: quatro doses de Black Label ou 60 reais, conforme o bar.
-Comer o salmão preparado à moda norueguesa: meu chapa, não sou digno que entreis em minha casa, mas dizei uma só palavra (“É de graça!”) e minha alma será salva.
07:29:07 - Zeno - 2 comentários

08 Fevereiro

Meninos, eu conheci...

... uma das filiais do Paraíso, mas, como na piada do Woody Allen abaixo citado ("O rabino me explicou o significado da vida. Em ídiche. E cobrava 600 dólares a aula."), é preciso ter um Land Rover parrudo, 12 horas disponíveis para os deslocamentos ida e volta (a partir do RJ) e um tremendo senso de aventura pra chegar lá. Vale, evidentemente, cada minuto, a ponto de você abençoar a ausência de celular, de telefone, de televisão e, no caso de chuvas, de chão firme: Rio Bonito.

(crdt com afeto imenso ao casal hospedeiro carlinhos e dalila e ao casal topa tudo moa e mô)
14:43:00 - Zeno - Comentar

04 Fevereiro

Hip! Hip! Hurra!

Os hipópotamos em júbilo saúdam o natalício da fundamental Cam Seslaf, nossa ruiva preferida.

Ops! Foto certa aqui.

(Agora sim. Com os linques corrigidos fica melhor.)
07:41:00 - hubbell - 2 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: February 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.