:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Eu me envergonho

O lado B do Je me souviens.


.:: mês anterior :: :: :: :: March 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.

17 Março

Queda e coice

Não será apenas ruim aturar por meses a fio discussões sobre tramas, enredos e pretensões de Glória Perez na esteira de "América". O pior será submeter-se a isso embalado pela trilha sonora, o indeglutível, indigerível e indefecável chororô dos Chitõezinhos.
11:51:57 - Pinto -

11 Março

Romário, Robinho, Grafite...

Deu em todo lugar: "Mãe de Luís Fabiano é seqüestrada". E lá se vai uma das poucas maneiras honestas de pobre ascender socialmente neste país.
15:39:55 - hubbell -

01 Março

Murrunga, currunga e a imanência do espírito

Tem aquela da tribo de bosquímanos gigantes e viris no coração selvagem da África, que capturava os prisioneiros e não lhes dava outra escolha: era "murrunga", o doloroso sacrifício num rito canibal, ou "currunga": eram comidos de outra forma, menos literal e não menos indolor, e escravizados incontinênti.

Apavorados com a primeira hipótese, os prisioneiros atiravam-se aos pés do chefe tribal, um negão de 2m de altura, implorando: "Currunga! Currunga!". Não sem um certo desconforto inicial, eram satisfeitos —e, pelo visto, os bosquímanos também. Até que um dia apareceu por lá um alemão metido a macho, que ousou encarar o grande líder olho no olho: "Pois eu quero murrunga!"

— Hmmmmmm... Tudo bem, mas primeiro currunga!

Tudo isso para dizer que, depois de virar mais de 24h trabalhando, fodido e mal-pago, sem proteção do Estado, submetido a todo tipo de desaforo e tudo mais, eu ensaio me rebelar, ergo a cabeça, encaro o líder da minha tribo... mas aí eventualmente lembro da sorte do alemão e acabo ficando na minha, pianinho, pianinho.
16:50:00 - Pinto -

.:: mês anterior :: :: :: :: March 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.