:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Tectum Intuentes

Ociosidade produtiva - textos reflexivos, anotações íntimas, sacanagens e demais ressentimentos.


.:: mês anterior :: :: :: :: April 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.

29 Abril

Feras

"Quando se apresentar uma oportunidade adequada, eu explicarei a você a conexão entre o cinismo e os cães, que costumam ser considerados, justamente, o símbolo da lealdade. É uma história um pouco longa, que atesta a ingratidão da humanidade para com os animais que lhe são mais úteis, tais com o cão, a mula, o cavalo, o burro, que se tornaram termos insultuosos, ao passo que os animais selvagens, nossos inimigos, como o leão, o tigre, o lobo, e até mesmo os abutres, recebem na maioria das línguas um respeito imerecido."
— Amós Oz, Pantera no Porão.
10:00:00 - Pinto - 4 comentários

28 Abril

À prova de Lulas. À prova de Bushes?

"O governo do Estados Unidos foi desenvolvido sob a égide do conceito de que ninguém sabia como fazer um governo, nem como governar. O resultado foi a invenção de um sistema que sirva para governar quando você não sabe como fazê-lo."
—Richard Feynman, meu ídolo, citado aqui.
11:01:33 - Pinto - Comentar

27 Abril

Inútil paisagem

23:01:37 - Pinto - 6 comentários

20 Abril

neveqvoa

eêis q. ela passa a mão na espada dela (assim, feio, q. era a hora dissso)
e o swischt começa quase undvizivel e segue direto na goela do oponente
- o qual nem viu qstava sendo promovoodeo a sushi- e eis q. então se resolve um país em produção.
apesar de q. a escolha do melhor sibemol q. a câmara de notáveis indecidia, ainda suscitar des-cisão:
somos couve ou somos mão?
02:15:17 - John Self - 2 comentários

19 Abril

"Não, não, tudo menos a Bavária!!"

Eu sei que isso interessa a poucos (alguns? um?), mas eu já visitei a cidade do novo papa, a inesquecível Marktl am Inn, que fica nos cafundós da Alta Bavária (Oberbayern), perto de Lugar Nenhum e próximo a Fim de Mundo, duas pujantes cidades da região. O que eu fazia por lá, idos de 92, interessa menos ainda, mas graças ao Google descubro que o vilarejo tem 2700 almas prontas pra beatificação nos próximos anos: como costuma dizer um amigo próximo, "Cai lá!".
19:20:09 - Zeno - 3 comentários

11 Abril

Pequena contribuição para um futuro Léxico Explicativo Universal para uso em ocasiões familiares e sociais

"Estou saindo com uma pessoa"

Embora seu uso já tenha alguns anos, a expressão só recentemente adquiriu significado assentado, com o espectro semântico que se segue: explicação frouxa para atitudes erráticas, como jogar nescau por cima do pão lambuzado com manteiga, ou ser gentil com o idoso na fila do banco ("O senhor quer passar na frente? Tô saindo com uma pessoa"); cumprimento matinal pro chapeiro da padaria ("E aí, Montanha?", "Belê, tô saindo com uma pessoa"); eufemismo para putaria inconfessável ou de difícil admissão, ou seja, sexo com:
a) alguém do mesmo sexo;
b) empregada da casa, dimenor;
c) babá dos filhos;
d) cunhada rodrigueana;
e) sogra;
f) sogro;
g) objeto inanimado que guarda remota semelhança com seres humanos ou partes dos mesmos.

(para conhecer outras contribuições vernaculares, clique aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui)
20:12:24 - Zeno - 4 comentários

Teste da farinha, versão 2005

O procedimento é simples. Bote na mesa do escritório, naquela que fica na entrada da sala, uma revista cuja capa seja esta (foto pequena à esquerda, rubrica "Nas Bancas"). Se o visitante entrar na sala, vir a revista sobre a mesa e continuar a conversar como se nada houvesse ocorrido, tá reprovado. Se interromper a fala, emudecer pensativo, pegar o exemplar em mãos e tecer algum comentário estético-ontológico, tá aprovado.
16:31:09 - Zeno - 2 comentários

08 Abril

Zabumba, sanfona, triângulo e gonguê

Zeno, mata o Guilherme Arantes que existe dentro de ti.

Ouve isto ao invés e serás salvo.

Em tempo: o show "5 Peba na Pimenta", de comemoração aos 25 anos de carreira dos cabras, fica em cartaz no Sesc Vila Mariana, de terça (12) a quinta (14).
13:32:23 - Pinto - 17 comentários

Fora d'água

Você sabe que está na contramão da manada quando se pega lendo "Na Toca dos Leões" não pelo culto a Washington Olivetto, mas pelo texto do autor.

Quando crescer, aliás, quero contar histórias igualzinho ao Fernando Morais.
13:26:24 - Pinto - Comentar

06 Abril

E o jabá não termina

Nietzsche, sabe-se, é dos autores que mais sofrem nas mãos de fãs e leitores doidivanas, maluquetes em diversos graus que conseguem encontrar consolo para suas próprias neuroses nas páginas mal lidas do pobre bigodudo, com o resultado de que existem tantas leituras diferentes de Nietzsche quanto o número de alas do Ambulatório Municipal Para Doenças Mentais E Demais Esquisitices. Aos insatisfeitos com as apropriações "sentidas", "vividas" e demais particípios que recaem sobre o autor alemão, o blog Hipopótamo Zeno recomenda o livro recém-lançado pela Martins Fontes, Nietzsche – Civilização e Cultura, do prof. Carlos Alberto Moura, do Departamento de Filosofia da USP. O livro baseia-se num curso lendário oferecido pelo professor na longínqua década de 80 e lamentavelmente jamais repetido (os motivos da não-repetição do curso jazem na intriga brumosa das disputas departamentais). Como na conhecida frase, "Meninos, eu estava lá", e é verdade também que ganhei uns trocados durante alguns anos com a venda de cópias xerocadas das minhas anotações das aulas, mas é hora de deixar um público maior usufruir da leitura fina e definitiva (com o "salvo engano" de praxe) feita pelo Carlos Alberto.
15:45:51 - Zeno - 2 comentários

05 Abril

Carandiru – A Festa

Alguém aqui do blog (SÓ não RELato porque não posso) foi à festa de encerramento das filmagens da série de TV Carandiru, rega-bofe animado ocorrido ontem à noite no Pavilhão 4, vulgo dos Travestis, lá mesmo no complexo penitenciário. Apenas duas observações: nosso repórter foi efusivamente cumprimentado pelo porteiro da entrada principal da cadeia, seu velho amigo (sem perguntas, por favor). E, como guia da festa e seu mais novo amigo, qual Virgílio a guiar Dante nos corredores dos pavilhões, um sujeito que atende pela singela alcunha de Not Dead, "um fofo", segundo a descrição ouvida.
14:36:58 - Zeno - 3 comentários

04 Abril

Pílula de sabedoria

"Neste mundo, ninguém mais tem certeza absoluta."

(crdt: Zeno, em momento reflexivo provocado pelo constante mau humor do nosso sistema de comentários)
16:17:59 - Sorel - 5 comentários

De gentilezas ultramarinas

Para compensar uma segunda-feira malsã como esta, nada como um domingo interneteiro de boas novas googlianas, como o de ontem, que trouxe uma referência simpaticíssima ao nosso bloguezinho vinda de terras portuguesas, mais precisamente do batuta O Barnabé, blog coletivo mantido por um grupo de autênticos canalhas de boa cepa a versar sobre os assuntos candentes do mundo, da política e das divisões de base do Sporting. No dia 21 de março último, o blog trouxe a transcrição de uma entrevista dada por Rui Tavares, um de seus fundadores, sobre os volteios da blogosfera em sua aclimatação portuguesa. Seguem o texto do blog e nossos agradecimentos ao Rui pela imerecida menção (o Sorel, aqui do meu lado, insiste também que é nosso papel avisá-lo sobre a existência de coisas muuuito melhores que o Hipopótamo Zeno na internet brasileira; a desconfiança tsunâmica de que ele sabe disso melhor que ninguém me faz calar):

Que blogs visita habitualmente?

Dependendo do momento e das restantes obrigações, o número varia muito. O género também. Entre os blogues político-culturais, visito por exemplo (da esquerda para a direita): Blogue de Esquerda, Renas e Veados, A Praia, Vida Agridoce, Esplanar, Contra a Corrente e Blasfémias. Entre os blogues que mais invejo estão: Blof, Laranja Amarga, Fora do Mundo, Blogue dos Marretas e A Causa foi Modificada. Alguns dos melhores blogues são portugueses, mas vale a pena ler o Hipopótamo Zeno e o Diário de Lisboa (brasileiros) ou o Arts & Letters Daily e o These Modern Times (norte-americanos).
11:21:47 - Zeno - 8 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: April 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.