:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Filmes esquisitos

Nós gostamos mesmo é do escurinho.


.:: mês anterior :: :: :: :: September 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.

28 Setembro

Jabá bom é o que você mesmo come

cópia da boa

Neste sábado, na Galeria Olido, em SP, tudo que você queria saber sobre "O homem que copiava", inclusive o telefone pessoal da Luana Piovani, mas não tinha pra quem perguntar porque a máquina de xerox estava quebrada.
07:20:00 - Zeno - 6 comentários

27 Setembro

Um filho de Jor-El

can you read my mind?

Deu no boletim Filme B desta semana: "O diretor da Warner no Brasil, José Carlos Oliveira, está tentando trazer 20 minutos do novo Superman para uma exibição exclusiva aos participantes do 4º Show Búzios, nos dias 24 e 25 de novembro". O filme, dirigido pelo mesmo Brian Synger dos dois bons X-Men, ainda está em produção e vai se chamar Superman Returns; trechos de making of podem ser acessados pela página do IMDB.
12:26:55 - Zeno - 2 comentários

09 Setembro

"A menina santa" (2005)

Uma das obras "de arte" mais insuportavelmente chatas jamais produzidas desde o "Bolero", de Ravel —incluindo-se o filme anterior da autora, "O Pântano" (2001), que parecia insuperável nesse quesito.

Lucrecia Martel, você não me engana de novo! Até nunca mais.
09:50:08 - hubbell - 18 comentários

03 Setembro

Segunda Chance (2004)

Nos áureos e saudosos tempos da bolha da Internet, quando fulanim comprou até apartamento com dinheiro especulativo escuso, é mister confessar que tive por mister redigir mais de duas mil sinopses de filmes prum site até respeitável, pra mó de ganhar uns caraminguás no fim de cada mês. Quem nunca tentou pode nem desconfiar, mas escrever sinopse é uma arte. Pouco reconhecida, é verdade, mas uma arte. É com admiração e inveja, portanto, que lemos uma assim, enviada pelo mailing list da Reserva Cultural, a nova sala de exibição de "filmes de arte" de São Paulo:

Segunda Chance: "Comédia em que uma mulher divorciada, ao entrevistar um jovem pintor para uma vaga na Universidade de Columbia, lembra-se de um antigo namorado".

No ginásio, quando adolescência, abstinência e misoginia eram praticamente sinônimos, a gente etiquetava fulanas assim com as mimosas iniciais LPD. Nos meus tempos de redator de blog, o apodo foi updeitado para "E aí, falo eu ou fala você?".

(do nosso correspondente em plagas praieiras do feriadão, a 9000 kbps)
10:12:56 - Zeno - 5 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: September 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.