:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Tectum Intuentes

Ociosidade produtiva - textos reflexivos, anotações íntimas, sacanagens e demais ressentimentos.


.:: mês anterior :: :: :: :: December 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.

28 Dezembro

Previsões 2006

Gloriosa Seleção Brasileira
Uns serão hexa.

Glorioso Tricolor Paulista
Uns serão tetra.

Glorioso Coadjuvante #1Glorioso Coadjuvante #2
Outros, apenas cerão.
14:00:00 - Pinto - 1 comentário

27 Dezembro

Retrospectiva 2005

A decepção culinária do ano

A quebra da safra de lichias, que apareceram raras, ruins e caríssimas, a dez reais a caixinha, mesmo colhidas aqui nos arredores de SP.

A supresa culinária do ano (não compensa a decepção culinária do ano, porém)

Cerejas chilenas, doces e tenras como o coração do grande líder Augusto Pinochet (pule de dez como grande perda de 2006), fazendo lama nas bodegas dos Diniz a pouco mais de um real o saquinho.
14:00:00 - Pinto - 8 comentários

22 Dezembro

Promoção de queima de estoque nas montadoras

— Preciso trocar de carro, esse meu já recebe cantada quando passa em frente a desmanche.

— Por que você não compra um desses carros marmita?

— ?

— É, de dois lugares - você só leva quem cê tá comendo.
07:29:00 - Zeno - 4 comentários

18 Dezembro

Tri, tricolor

Um beijinho bem amoroso

Uma pausa nos temas irrelevantes para tratar de um assunto sério e me congratular com os colegas palmeirenses e corinthianos deste blogue.

Aqui pra vocês, ó!
23:07:30 - Pinto - 13 comentários

12 Dezembro

Homenagem brasileira à França, antes que a Copa comece

Numa de nossas muitas conversas animadas e contraproducentes, descubro que meu cúmplice de atentados cinematográficos, o multiuso franco-paulistano Matthieu R., é sujeito versado em assuntos jorgebentísticos. Mais do que a estranheza de descobrir um francês que conhece em detalhe a discografia do atual Benjor, o que me chamou a atenção foi o fato de ele cantar as músicas do mesmo jeito que eu faço com as canções estrangeiras, sejam americanas, francesas ou alemãs, isto é, naquele misto de sabe uns pedaços, pula outros, ressalta uma palavra aqui ou acolá e cantarola todo o resto desconhecido. Fiquei com uma inveja boa, imaginando como seria escutar aqueles versos conhecidos como se fossem a promessa de felicidade e de significado que estão parcialmente fora do meu alcance, um pouco como aquela inveja de alguém que vê pela primeira vez o "Cidadão Kane", ou a história do fulano que comenta "Nunca li 'Guerra e Paz'" e ouve como resposta "Que inveja!". Pensei essas coisas 1) porque pisei recentemente na bola com o francês supracitado, e queria me desculpar, 2) porque é raro topar com um irmão de espírito depois de uma certa idade (atenção, velhuscos: corram!), e 3) mais raro ainda, que o tal irmão goste de Jorge Ben e de jazz com a mesma desenvoltura. Algo me diz que a gente ainda vai fazer um programa de rádio juntos, pra mó de demonstrar por A mais B que o caldeirão fusion de memórias intercontinentais tem, por resultado, um C mais D curto-circuital que junta, no mesmo pote, Wes Montgomery, Black Eyed Peas, a bateria da Vai-Vai e umas cançonetas batutas do Serge Gainsbourg. Por onde andam o Itamaraty e o Ministério dos Negócios Estrangeiros da França, que não nos patrocinaram até agora, é o que eu queria saber.

(do nosso enviado especial e fã do Jorge Ben do final dos anos 60 até 1975, Zeno Vamos Passear No Parque Chuvoso, a 9600 kbps)
22:47:45 - Zeno - 4 comentários

Pílulas de sabedoria do Dr. Zeno

Sou um sujeito des-NET-ado há alguns meses. Submetido agora à dieta TVA-esca de HBO, Cinemax e similares, surpreendo-me de quando em vez com algum filme esquecido, visto duas ou três décadas atrás numa madrugada de Corujão, e que agora volta assombrando a memória na grade mensal e sentimental a módicos R$49,99 no plano básico. Dia desses, ao topar com um filme italiano esquisito, jeitão anos sessenta com aquela profusão de ternos e telefones brancos, cheguei a uma conclusão sobre relacionamentos, amor, paixões pré- e pós-casamento, benquerenças femininas no atacado e demais temas candentes que podem ser extraídos em 3 minutos de zapping: você se casa com alguém quando gosta de vê-lo fazendo coisas.

(do nosso enviado especial ao chuvoso litoral paulista, Dr. Zeno, a 9600 kbps)
22:34:03 - Zeno - 4 comentários

Simplesmente um luxo

"A primeira ceia", talvez?

A estética camp, tal como enunciada por Susan Sontag, ganha nova dimensão na perspectiva do quadro acima, que ilustrava uma matéria na Fôia de ontem sobre o estilo estravagante dos ditadores, injustamente chamado de "cafonice" pelo autor do texto.

A obra em questão decorava a parede de um dos palácios de Saddam Hussein, que aliás está cada vez mais parecido com o Zeca Diabo, ou nesse caso com o Freddie Mercury. Mas digressiono.

Lembro de ter visto aquarela (seria óleo sobre tela?) parecida no living da casa de um chegado meu outro dia. Só nãO REveLo o nome dele para não parecer ingrato, posto que o penne com salmão e a saladinha de rúcula estavam uma delícia.
09:30:00 - Pinto - 4 comentários

05 Dezembro

Nosso Almirante é melhor que os outros

As águas turvas do hospedeiro puseram a pique o que incontáveis gerações de bucaneiros e engradados de cerveja não conseguiram: tiraram do ar o meu, o seu, o nosso Almirante Nelson, que foi buscar guarida temporária num desses speakeasies de dúbia reputação, tar de Blogspot. Quando as coisas se estabilizarem, sugerimos de imediato (sem trocadilho) a troca de nome do blog para Holandês Voador, ou mesmo Navio Fantasma. Pelo menos a trilha sonora já tá pronta.
07:09:00 - Zeno - 2 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: December 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.