:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Zenices

Pensamentos de Zeno acrescidos de pérolas de igual verve vindas de procedência vária.


.:: mês anterior :: :: :: :: October 2006 :: :: :: :: próximo mês ::.

31 Outubro

"No momento, tô com uns projetos aí"

Ninguém pediu, mas a gente decidiu fazer mais uma tentativa (a primeira aqui e a segunda aqui) de googlar a expressão "eu mexo com", ausente nos últimos tempos aqui no blog mas sempre presente em nossos corações e bolsos pós-Rodada de Doha. Das 224 ocorrências da primeira experiência, pulamos agora para 529, com resultados igualmente perspicazes e grafias preservadas:

"Eu mexo com publicidade, mas fiz Zootecnia"

"Coisas como: eu 'mexo' com redes é que banaliza e desvaloriza o profissional"

"Eu mexo com rolamentos muito mais complicados em minha bicicleta"

"Ele disse '-Mas rapaz, se fosse pra mim, eu sou engenheiro de minas, está certo, eu mexo com bombas, vivo trabalhando com dinamite, mas com você?'"

"Quanto mais eu mexo com a Internet, mais sinto que a questão está em outro lugar"

"Primeiro eu mexo com uma parte mais concreta, que é o número, depois eu tento entrar com a simbologia"

"Todos se apresentaram: '—Eu sou especialista, mexo com plantas', afirmou um dos do governo; '—Eu mexo com animais', continuou outro; '—Olha moço, nós da Liga, mexemos com gente'" [Leia mais!]
06:01:00 - Zeno -

29 Outubro

Veja essa

Agora que Geraldo Racumin tomou onde as patas (perdão, leitores), faço minhas as palavras de Herbert von Karajan, no intervalo das refeições dos ensaios de Die Walküre. Dizia ele: "Agora, o coro vai comer".

Como a gente vive num país em que a imprensa não saber ser oposição, só situação, quero só ver o que mais vai ir vim, como dizem os paulistanos, por aí...

E por ora com licença, que vou ali ver se consigo que o Chalita escreva minha biografia.
22:28:23 - Pinto -

27 Outubro

Pega mas não rela

No tempo em que o diabo era menino e a saúde pública não tão boa como a dos últimos 8 + 4 anos, a abertura de um posto de puericultura era sempre motivo de comemoração, trazendo para o bairro ou vilarejo médicos ginecologistas e a distribuição de remédios para famílias com muitos filhos. Na cidade X, num bairro afastado Y, era dia de festa pela inauguração de um posto, com a fila imensa de mulheres à espera do atendimento. Passa o capiau, vê a fila e logo se anima: "Ei, comadre, qui é qui tão dando aí de graça?", e a senhora: "Dando, não, hoje nóis só tá mostrando".

(crdt: antonio n., pescador)
09:00:24 - Zeno -

20 Outubro

A deselegância nem sempre tão discreta das meninas

Bota fora

Por que cintas caralhas d'água© as paulistanas gostam tanto de usar estrupícios iguais a estas botas aí de cima?
08:20:00 - Pinto -

18 Outubro

A vida, o espeto e a grelha

Depois da picanha do Sérgio Reis, passo pela banca dia desses e descubro que há uma nova revista de churrasqueiro, tal de Men's Health. Penso que o mercado não deve ser tão pequeno assim e me encanto com a poética chamada da capa: "Sete sinais claros de que ela é boa de cama". Pra quem não está em situação financeira privilegiada como a nossa e quer economizar os R$9,95 do exemplar, segue o resumo:

1-Ela fala do mesmo jeito que você.
2-Ela devora a comida.
3-Seu sabor favorito de sorvete combina com o seu.
4-É ela quem sugere o restaurante.
5-Ela sabe quem é Sid Vicious, meaning não é jovenzinha.
6-Ela sabe beijar.
7-Ela dança bem.

Não perca na semana que vem a resenha de outra publicação afim, a Você S/A.
07:16:56 - Zeno -

Zeno e a arte da conciliação dos extremos

É lícito ter dúvidas em quem votar, se Lula ou Alckmin. Mas o sujeito que larga disciplicentemente sobre o sofá da sala um exemplar da piauí junto com um da Men's Health —não vou diZEr o NOme para não passar por convidado indiscreto— não vai ter esse dilema, e muitos outros (todos os outros, aliás), resolvido nunca.

E agora, se me dão licença, vou ali ver se caso ou compro uma bicicleta.
01:01:16 - Pinto -

09 Outubro

Considerações eleitorais pós-1º turno

- Classe média, imprensa de média e eleição de média são iguais em qualquer canto. Tudo é uma questão de escala.

- Se eu encomendar —e pagar— uma pesquisa a um desses respeitáveis institutos de pesquisa "desejando" ser visto como um marciano, de pele verde e antenas, 70% dos entrevistados serão capazes de me ver assim. Para ter o efeito desejado, a pesquisa será publicada por um respeitável órgão de imprensa a tempo de ser "retificada" antes de um, digamos assim, segundo turno, quando será finalmente explicado que berimbau e gaita são dois instrumentos diferentes, que os entrevistados estariam senis e míopes, que eu fora apresentado com máscara e chapéu etc. etc.

- Pior do que a situação do Legislativo, que a gente não sabe mas pode entrever, é a do Judiciário, que a gente não sabe e não pode nem saber.

- "Desleia" ("desouça" ou "desveja", conforme o caso) um jornalista ainda hoje e fique melhor informado.

- Na real, ninguém está relamente empenhado em modificar a infra-estrutura de ignorância que sustenta isso aí, mas o sujeito que defender voto distrital mereceria sua consideração nas próximas eleições. Não é nada, não é nada, tornar majoritária aquela lambança proporcional já seria um adianto...

- No segundo turno, vote como quem dá descarga e contabilize o menor prejuízo ambiental possível por ter apertado aquele botão.
15:32:08 - Pinto -

06 Outubro

coqueiros de paracurú derrubados insolam turistas

nada constra os optei sechual da redação ensandecida, e inconsequentes e arguto/as lleeiittoorree/aass.
mas ñ custa ir blogando aê, até essa arenosa penetração na intimidade alheira e vezeira ir descendo devagarinho.
12:54:17 - George Smiley -

Maratona Pão de Açúcar Königsberg-Niterói

"Corro porque sou kantiana".

Fernanda Young, explicando a razão pela qual é viciada em corridas, jogging e similares. Quer mais? Aqui.
11:56:35 - Zeno -

.:: mês anterior :: :: :: :: October 2006 :: :: :: :: próximo mês ::.