:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Zenices

Pensamentos de Zeno acrescidos de pérolas de igual verve vindas de procedência vária.


.:: mês anterior :: :: :: :: December 2006 :: :: :: :: próximo mês ::.

26 Dezembro

Assim na terra como no céu

Se a gloriosa TAM dispensar aos seus empregados dos ares o mesmo tratamento que dá aos que ficam no chão, nós tamo fu.

Mais sobre a lambança da TAM nós já havíamos advertido (como dizem os editorialistas do Estadão) aqui.
09:30:52 - Pinto -

14 Dezembro

Jornalismo com descontos incríveis

"De acordo com a revista [Veja], 'Luiz Inácio Lula da Silva juntou a fome com a vontade de ser presidente da República'. Na noite da chegada de [Mário] Rosa [repórter] a Vitória da Conquista, na Bahia, o deputado Jaques Wagner (PT-BA) esperava na fila para usar o telefone na portaria do hotel e ouviu uma conversa do enviado especial com algum de seus superiores, na qual ele relatava as dificuldades encontradas para ridicularizar a viagem de Lula mas dizia que mais adiante ainda conseguiria fazê-lo, conforme determinava a pauta. Para contornar o mal-estar causado por seu descuido, no dia seguinte o repórter enviou um bilhete ao candidato, assegurando que estava ali para fazer um 'trabalho sério'. Atendendo um pedido meu, Lula falou com Rosa por mais de duas horas no ônibus, entre uma cidade e outra. Nada do que foi dito apareceria na 'reportagem' —um texto 'editorializado' com o único objetivo de desmoralizar o candidato e a Caravana da Cidadania. Quando perguntei a Rosa por que não tinha aproveitado nada da conversa com Lula em sua matéria, ele sorriu e disse: 'Eu estava interessado em fazer apenas uma primeira análise psicológica do candidato'."

(completando nossa série sobre resenhas iniciada aqui, foi aí um ilustrativo trecho de do golpe ao planalto, de ricardo kotscho, cia. das letras, págs 189-90, em que se aprende muito sobre rosas, reputações, trabalhos sérios e psicologias em geral)
00:24:10 - Pinto -

12 Dezembro

Haganá com descontos incríveis!

"[Guilherme] Fiuza relata o caso ocorrido com David Zylbersztajn, levado à direção da Eletropaulo: encontrou um fabuloso contrato com uma empresa de vigilância no qual cada hora de trabalho de um vigilante representava o inacreditável valor de 28 dólares. 'O responsável explicou-lhe que, infelizmente, não existiam no mercado seguranças confiáveis por um valor inferior àquele. Zylbersztajn não prolongou a conversa: '— Não tem mais barato? Ok, então rescinde todos os contratos. Acabou a segurança. Por esse preço, prefiro o ladrão'".

(da resenha de Paulo Roberto de Almeida, no nomínimo, sobre o livro do jornalista Guilherme Fiuza, "3000 dias no bunker - Um plano na cabeça e um país na mão")
17:58:38 - Zeno -

08 Dezembro

a pedra do rim

hannah arendt
é stone flower

sendo o tom o do trabalho
assim acabo pra ela

assim
sonho-me nelas e
enquanto tento entende-las
elas me realizam aos risos

e assim sendo
nem meus fins cabem nelas

sim
assim é a coisa mais feminina que existe
01:21:06 - George Smiley -

.:: mês anterior :: :: :: :: December 2006 :: :: :: :: próximo mês ::.