:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


A hora do DJ Mandacaru

Velharias musicais sempre fresquinhas.


.:: mês anterior :: :: :: :: August 2007 :: :: :: :: próximo mês ::.

18 Agosto

A Jane cantada

Aqui no HZ é assim: barba, cabelo e bigode. A estampa abaixo da Jane Birkin pode ser acompanhada pela audição da moça, embora o setor sonoro não seja exatamente sua especialidade. Pacotinho básico, com What Is This Thing Called Love, Where or When, Di Doo Dah, Jane B. e Je T'aime Moi Non Plus, nesta última contracenando (digamos assim) o Serge Gainsbourg, um clássico da fungadeira music.

Tomara que não aumente nossa fama de macróbios assanhados.

17 Agosto

Max Roach (1934 - 2007)

A mãe cantava gospel em igrejas, o moleque começou a espancar tambores aos 10 anos. Com 18, já tocava com Charlie Parker e Dizzy Gillespie na catedral de São Pedro do bebop. Nos anos seguintes tocou com seu pai e todo mundo, podem pensar num nome: Coleman Hawkins, Benny Carter, Duke Ellington, Miles Davis, Kenny Dorham, Sonny Rollins, Booker Little, George Coleman, Hank Mobley, Charles Mingus, Bud Powell, Anthony Braxton, Archie Shepp, Cecil Taylor, cansei, mas deixei por último o cara com quem ele gravou as coisas mais bonitas -- Clifford Brown.

Max Roach enfiou as baquetas no saco ontem, aos 83 anos. No Leia Mais, um presente pra nano.

E vamos mudar definitivamente o nome dessa editoria. Pode ser “Pela hora da morte do DJ Mandacaru”.
[Leia mais!]

.:: mês anterior :: :: :: :: August 2007 :: :: :: :: próximo mês ::.