:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Todos

Todos os posts do mês. Para selecionar uma seção, clique no menu ao lado.


.:: mês anterior :: :: :: :: September 2007 :: :: :: :: próximo mês ::.

29 Setembro

"Liberdade é o guarda passar a mão na minha bunda"

"Quem ficou pra trás é pum!"

Fortaleza (HZ) — O instantâneo mostra a comemoração na chegada dos vencedores da Corrida Iguatemi, promovida pela sucursal cearense do shopping homônimo no último fim-de-semana. Os preços cobrados pelas lojas daquele respeitável centro comercial estavam tão altos que os corredores tiveram que se desfazer das próprias vestes para custear sua participação no evento.

(crdt : dr. pita)
10:17:42 - Pinto - 1 comentário

28 Setembro

Suruba e Beira-Mar

Segundo o UOL, até as prisões de segurança máxima são casas de tolerância:

A mulher, o casal, o traficante e a amante
18:10:10 - Pinto - 2 comentários

Amigo d'Urso

12:37:09 - Pinto - Comentar

Grandes citações da História

"Entre Roberto Marinho, ao lado de Deus, e Edir Macedo, falando com Deus, fico com o primeiro"

— Professor Sassaroli.
11:43:58 - Pinto - 4 comentários

"Oooh, that looks nice"

Há mais de ano nós e o Estadão alertávamos, para espanto e indignação de nossa audiência, que o aspargo tinha "cheiro de sexo" e a atemóia, gosto. Qual não foi nossa surpresa ao receber confirmação de nossas suposições erotifrutigranjeiras de fonte insuspeita e ilibada, o trepidante Jamie Oliver em seu site de receitas rapidinhas, de pé, sobre o balcão da cozinha: apostamos que você irá olhar para figos de outra maneira, a partir de hoje.

(crdt: feirante assanhada do sacolão aqui perto de casa)
09:39:48 - Zeno - 7 comentários

27 Setembro

o comércio na rede

marquetingue

observe a foto c/ atenção.
sim, isso são abóboras. [Leia mais!]

25 Setembro

AK Delicatessen

Eu fui e você provavelmente não conseguirá: Andrea Kaufmann, que já tinha sido capa do Paladar do Estadão, acaba de ser eleita "Chef Revelação" com largo destaque pelo Guia da Vejinha, e os 30 lugares do pequeno espaço da Rua Mato Grosso (onde funcionava o Ici, me dizem) já não vão comportar tamanho sucesso. Não que a talentosa e simpaticíssima Andrea não mereça, ao contrário. Mas é que depois da Vejinha as coisas acabam ficando chaaatas...

O AK tem um patamar de preços além do aceitável para um restaurante de cozinha judaica, me garantem amigos da colônia, que tripudiam do fato de comerem de graça os mesmos pratos, preparados pelas avós. "Azar de gói, mas quase os mesmos", pondero, e já explico por quê. Um dia depois da minha visita, justo no Rosh Hashaná e antes da Vejinha entrar na história, a chef avisou que iria aumentar os preços. Parece que o dólar despencando a 1,80 tem um efeito rebote nos restaurantes, só pode, mas digressiono. Com a verba de crítico de gastronomia aqui do blogue minguando a cada dia, acho que não voltaria lá tão cedo mesmo.

Ao que interessa então: o bistrô é fenomenal, mais ainda se considerados os menos de seis meses de funcionamento. O pastrami feito em casa é inconteste o melhor de São Paulo. Os varenikes de rabada com agrião estavam divinos e o pato com repolho adocicado e risoto de parmesão com pistache, para mim, foi a melhor refeição em alguns anos. Isso porque não tinha ainda provado um biscoito de chocolate meio-amargo com purê de damasco. Quem é órfão da dona Cecília, como eu, haverá de se sentir quase confortado.

Nota: 10 miojos, apesar da Vejinha.
12:38:05 - Pinto - 4 comentários

Stevie Wonder viu e gostou

A esta altura a notícia já correu a internet, mas fica a dica: o blog do Fernando Meirelles com a descrição das filmagens de Ensaio sobre a Cegueira, que ele está rodando em vários países e com elenco igualmente internacional.

(crdt: blog do marcelo tas)
08:15:00 - Zeno - 2 comentários

24 Setembro

Não tente fazer isso em casa

Correção importante e útil publicada na edição deste mês do jornal "Unimed e Você", distribuído aos clientes do plano:

"Erramos: na edição passada, informamos erroneamente que é possível realizar o auto-exame para prevenir o câncer de próstata".

(crdt : apologno)
17:40:13 - Pinto - 6 comentários

Estadão, azedo como o Bairro do Limão

O Estadão consegue deixar sem graça até mesmo o Tutty Vasquez, o que é um feito e tanto. Com a saída de César "Blow" Giobbi, agora é Daniel Piza quem continua provocando em nós mais risadas.

Sei lá, deve ser a água.
17:16:29 - Pinto - 1 comentário

"Pérola da natureza"

Cês já tomaram a tal Krombacher, cerveja alemón que se encontra até mesmo em supermercados de Jundiaí? Bem boa. Nosso redator chefe Pinto, saudoso ainda da Malte 90 e o maior conhecedor de cervejas feitas com milho, soja e demais cereais não maltados, vai fazer as objeções de sempre: "É muito amarga", o que é verdade, e "Aposto que é feita segundo aquela Lei escrota de Pureza Alemã", o que também é verdade, lei que tantos males causou à família do redator quando eles ainda moravam em terras tedescas. De qualquer modo, é melhor beber a Krombacher, que tem a vantagem de vir de região boa em cerveja na Alemanha (Dortmund, Düsseldorf e adjacências), do que gastar dinheiro à toa comprando as Stella Artois, Bavária Gold, Eisenbahn, Kaiser Wilhelm e demais arapucas à venda nas bodegas de praxe.

(crdt do mimo: mónica c.)
15:30:55 - Zeno - 1 comentário

Segunda opinião

"[José Donoso] tinha um único médico, hipocondríaco como ele, que, cada vez que Donoso lhe informava suas doenças, ele o parava no ato, se queixando: 'Olha, me dói a cabeça, as costas, o estômago, os músculos, mais que ao senhor.' Claro que se davam maravilhosamente bem."

Mario Vargas Llosa, descrevendo o colega chileno José Donoso, no excelente Dicionário Amoroso da América Latina.
12:24:38 - Zeno - 3 comentários

22 Setembro

Erasmão, quem diria, um homem de fibra de algodão

No Estadão de hoje, máximas do coronel Erasmo Dias, um dos arcanos deste blogue, acerca dos 30 anos do cacetaço na PUC-SP por conta do "material altamente subversivo dos vermelhosinhos":

"Era bomba de gás. Aquilo só faz chorar".

"Havia uns 500 ou 600 estudantes, massa de manobra dos pernósticos e maquiavélicos leninistas e marxistas".

"Tinha muita mulher e mulher não tem jeito pra correr, tem perna presa".

E a melhor:

"Queimaram porque usavam calcinha e sutiã de náilon".
20:43:42 - Pinto - Comentar

20 Setembro

Agora vai

Já faz um certo tempo que queremos fazer uma lipoescultura seguida de lifting no aspecto gráfico (também conhecido como leiaute) deste botequim e, à falta de quem se habilite a fazê-lo, estamos pensando em nos socorrer do Consórcio Via Amarela, o que faz a linha 4 do Metrô paulistano.

Afinal, alguma coisa aquela gente deve saber fazer direitinho. Vamos ver no que dá.
17:58:49 - Pinto - 1 comentário

Nosso mundo caiu, segunda prestação

Ainda consternados pelo impacto do súbito desaparecimento, ontem, da coluna de César "Blow" Giobbi no Estadão, depois de 14 anos de bons serviços prestados à fina-flor das zelite, baixelite e baquelite paulistanas, somos tomados de assalto pela reverberação de sua derradeira nota (que emoldurou foto de FHC e Roberto Civita, mas isso é outra história).

A alturas tantas escreveu nosso eterno e já saudoso colunista preferido:

Fontes, também fiéis, são hoje amigos com os quais quero manter vínculos agora completamente desinteressados.

Quer dizer então que toda aquela babação de ovo não era desinteressada?!

Não ficávamos tão estupefatos com sinceridade assim desde a admissão da paternidade caixa dois de Onan Galheiros, e das verbas para "educação e cultura" da criança.
13:58:58 - Pinto - 3 comentários

19 Setembro

Eia! Avante! Sus!

Atendendo ao chamado do Comandante Zeno Dória, a equipe do HZ, unida e coesa, assume a liderança do mais novo MQVDePN. O Satã a ser doravante combatido é o coletivo dos energúmenos que solertemente se aproveitam das facilidades trazidas pela internet para solapar as bases da progressista indústria fonográfica.

Não sei se vocês sabem, mas esses meliantes, especialmente os que gostam de jazz, costumam se homiziar no JazzyMusic. Pela última avaliação, reúnem-se permanentemente mais de 13 mil facínoras, que abusam especialmente de jazz, mas não deixam outros gêneros sossegados. Ainda na área de jazz, outra estica desse povo fica no Call It Anything, especializado no que eles chamam de arquivos FLAC e OGG, que eles garantem não apresentar nenhuma perda em termos de qualidade de som, se é que dá pra confiar nessa gente. Outros lugares a se evitar são o Green Eyed Lady, o Singin' & Swingin' e o Orgy in Rythm.

Os malfeitores curibocas, viciados em música brasileira, não deixam de refocilar no Loronix, reconhecidamente o maior valhacouto do ramo. Parece que o perigo permanece mesmo nos desvãos mais remotos do covil. Ainda nesse capítulo do Código Penal, não devemos nos descuidar do Um Que Tenha, Abracadabra e Toque Musical. Até adolescentes, pós ou pré, Comandante, já estão sendo cooptados pelo esquema criminoso. Já foram identificadas pequenas aglomerações desses pobres inocentes no skafunkrastapunk, que nossos linguistas ainda estão tentando traduzir. Os pais desses pequenos infratores, que deram o mau exemplo inicial, andam pelo Rato Records, Rock Hall, Rock 60 ou simplesmente vão à Vejinha São Paulo e escolhem onde melhor cometer seus crimes.
A maior parte dessa bandidagem tem sua Meca no RS. O armazém digital até concede uma presença, mesmo que alguém não faça parte do bando. Mas se você concorda em pagar 7 euros/mês pode fazer até cem pilhagens simultâneas, com o auxílio de habilodosíssimo punguista, que eles chamam de acelerador de download. Um cidadão a quem visitei recentemente em Presidente Bernardes havia surrupiado mais de 8 mil discos em menos um ano, até ser apanhado pelos valorosos homens da RIAA (smilee, baby, smilee).

Comandante, é grave a situação. Creio que devemos nos espelhar nos companheiros produtores de óleo de baleia, que no final do século XIX enfrentaram situação semelhante, quase encerrando seus negócios.

No aguardo suas ordens, despedimo-nos

Respeitosamente

Sub-comandante Recruta Zero

P.S. As informações GPS das bases inimigas podem ser encontradas no cofre da CPI Leia Mais. [Leia mais!]

Menas Dilmas no governo

Voa bonito, Brasil!

Congratulamo-nos com o ministro e aeroporto Tom Jobim pela oportuna escolha de Solange Vieira para guiar nossos vôos na Anac.
12:49:08 - Pinto - 11 comentários

O Tempora, O Mores!

Causa-me espanto a engenhosidade humana, em especial quando intenta a consecução do mal. Pois, vejam os senhores: não contentes em surrupiar os catálogos das pobres gravadoras via expedientes escusos, os flibusteiros internáuticos conseguiram uma forma de burlar as limitações de download do Rapidshare.

Basta, dizem os inventivos bandidos, desconectar a internet, limpar os cookies do browser e refazer a conexão. Fica aqui lavrado o veemente protesto deste blog, cioso campeão da família, da propriedade privada e das liberdades civis.



Imagem deste colunista, indignado com os corsários da rede.
03:36:09 - hunter - 5 comentários

18 Setembro

Este blogue está de luto por tempo indeterminado a partir de hoje

A coluna de César "Blow" Giobbi vai para o saco amanhã.

A cogitada substituta é Sonia Racy, que assina hoje uma suposta coluna de "economia" no mesmo Estadão, o que, aliás, explica muita coisa.

As informações são do Blue Bus.
13:44:36 - Pinto - 8 comentários

Um lugar para visitar antes de morrer

Te Uku, lugar de contrastes

(crdt : karam de asa)
09:14:26 - Pinto - 3 comentários

Liberdade é uma calça velha, azul e desbotada

transgressão a 12 por cento ao mês

Há tempos eu andava cozinhando um post sobre a história acima, depois das campanhas do sabão em pó que dizia que o bom é se sujar e do banco americano que mandava a gente trabalhar menos e olhar pela janela. Agora não preciso mais: Daniel Paz acerta mais uma.

(crdt la nina que monta lindos rompecabezas)
00:39:55 - Zeno - 3 comentários

17 Setembro

Una lacrima furtiva



Pelo prematuro passamento, aos 264 anos de idade, do galã e filósofo Pedro de Lara, um dos gênios tutelares desta redação, ao lado de Gabriel Chalita, Mahler e Mussum.
Homem inquieto, vera alma renascentista, Pedro não se limitou às benesses advindas de seu charme e beleza invulgares, mas insistiu em sólida formação cultural, chegando a quase completar dois cursos do Instituto Universal Brasileiro.
Nossa vida sentimental não será a mesma sem os judiciosos conselhos do saudoso cavalheiro, sempre às voltas com as ações maquiavélicas da pérfida Chifronésia.
16:31:49 - hunter - 6 comentários

Ou restaure-se a moralidade, ou locupletemo-nos todos

Sei lá, de repente foi a absolvição do Renal, mas o fato é que por pudicícia ou encabulecimento sempre evitei colocar links de discos completos pelaqui, exceção feita aos do falecido Max Roach. Agora vem o hunter e libera geral. Gostei.
Então, na esperança de um adiantamento do décimterceiro, vou adular nosso editor-em-chefe e postar o que ele pediu. [Leia mais!]

On the sunny side of the street



Instantâneo do jovial humor deste colunista, após saber da absolvição de Renan Caralhos, dos últimos resultados do Corinthians e de consultar o saldo bancário.
07:19:03 - hunter - 5 comentários

Se você pensa que nós fomos embora, fomos mesmo.

Via em mais uma madrugada insone um documentário sobre o Truman Capote. Mas isso não vem ao caso; o que é importa é que no aforementioned filme, surpresa, mr. Capote aparecia, olhar embevecido, a acompanhar um som de Art Tatum ao piano.
O Sanctum sanctorum de Tatum, alerta-nos a solerte crítica especializada, são os oito cds pela Pablo, The Complete Solo Masterpieces.
O legal é que, em seu melhor espírito evangélico, Titio Hunter filantropicamente avisa que eles estão aqui:

http://vagabird.blogspot.com/search?q=Art+tatum

Enjoy.
05:50:44 - hunter - 9 comentários

16 Setembro

Ingrid Bergman era negra

Sinhozinho Rick

A idéia é tão boa que jemesouveia um'outra, Lixo da Internet de 2005, que passou aqui pelo botequim. Sugestões, alguém? Isso não rende um "Do-It-Yourself" de combinações? Tipo "Grande Sertões", com o Euclides da Cunha no primeiro quadrinho, com os chifres de corno procurando Conselheiro, e trombando com o Demo em Pessoa, Chifres de Verdade, no segundo quadrinho? Calma, calma, foi só uma sugestão.

(crdt da tira: silent sil)
20:41:08 - Zeno - 1 comentário

15 Setembro

"Engenheiros, bacharéis, diplomatas"

Falando em trechos inesquecíveis:

16:47:03 - Pinto - 6 comentários

14 Setembro

Trechos inesquecíveis

Tem coisas que a gente gosta. Umas porque são boas, outras porque nós achamos boas. Sempre quis fazer isso. Apenas 10s. Clica aí.

Aqui.

E aqui.

O primeiro é pro Zeno, que gosta dele mais do que eu
22:25:37 - Mathieu - 3 comentários

De que lado você samba?

Fala aí, você toma partido da turma que não roubava por que não tinha a chave do cofre, ou continua preferindo a turma que acha tudo ruim porque agora não mama tão facilmente?
11:33:55 - Pinto - 4 comentários

13 Setembro

Aforismos bíblicos

Nome é destino.

Se ele se chamasse Onan, nada disso teria acontecido.

(crdt foto : quinteto irreverente)
14:45:08 - Pinto - 3 comentários

Duas notícias iguais, a primeira nada a ver com a segunda

A primeira: Madonna presenteia marido aniversariante com calcinha-caralha.

A segunda: palestinos querem matar Madonna (e, de quebra, Britney Spears).

Aqui na redação ficamos sem entender nada e constituímos força-tarefa para um, digamos, test-drive duplo.

DJ Mandaca e eu e nos pusemos a escutar as obras completas de ambas as cantoras fanhas e, afinal, demos razão aos palestinos.

Zeno e Smiley, por sua vez, tomaram partido do Guy Ritchie e adoraram o presentinho.

Sorel não consegue se decidir entre uma coisa e outra.
14:34:51 - Pinto - 8 comentários

Velho também tem saudade

O Marcel aqui da redação lembrou do tempo em que molhava o biscoito em Paracuru e o resultado está aqui: Zanzibar (As Cores), Abri a Porta, Beleza Pura, Swingue Menina e - sem provocação - Eternos Meninos, tudo com os grandes confeiteiros do A Cor do Som.

12 Setembro

Novidade é uma notícia velha e desbotada

Deu na Inbox e em 99,9% da míjia (que só se deu conta do elefante na sala há quatro meses...) que hoje seria o Dia da Vergonha porque o senador Cenan Ralheiros foi absolvido por ter emprenhado aquela biscate lá, que aliás batia ponto na bancada do jornal diário da Grobo em Brasília.

Pardon mon français, mas é que esse nosso pendor por um folhetim de má qualidade é capaz de acaralhar qualquer um.

Eu me envergonho de Cenan desde 1989, quando ele, egresso do MR-8, era do círculo mais íntimo de Cernando Follor. Exceto, claro, quando ocupou o Ministério da Justiça do governo FHC, interregno de virtuose do seu (dele) currículo.

E agora vamos voltar a dar com o pau no Lula, que ele já está com quase duas semanas de refresco e até o Financial Times e a Economist tão elogiando.
18:21:26 - Pinto - 2 comentários

Questões urbanas contemporâneas

Se Valentina Caran aluga, por que Zulaiê Cobra?
10:52:31 - Pinto - 12 comentários

11 Setembro

bed times

e lá se foi joe zawinul.
vão em sua companhia tempos bons, qdo éramos homens-pássaro e peixes, morávamos sob chapéus de sol, dormindo sob os coqueiros de paracurú e éramos acordados por anjas em tangas, logo as beijando e voando pro mar, feito uns golfinhos por 8, 9 hs. fluindo em suas curvas frácteis, treinando prá de noite acordá-las de volta.
tempos do amigo andré que lá nos levou, que surfava muito bem mas era melhor ainda c/ as garotas, sempre as rindo e sempre as cantando, que nunca mais vi, só sei que virou engenheiro.
havaí never: naval na alemanha, que não era besta.

06 Setembro

Livros dentro d'água

Meu filho de 5 anos começou nos últimos dias a ler por conta própria algumas palavras, tateando entre as sílabas, etc. Segue diálogo:

— Daqui a pouco você vai poder ler sozinho, que legal, né?

— É. Ler faz a gente ficar inteligente. Você que me disse isso.

— Foi? Mas é assim mesmo, se você ler muito, vai ficar muito inteligente.

— Mais que o peixe?

— Peixe?

— É, você também me falou que peixe é bom pro cérebro.

(aguardem, nos próximos posts, comentários dele sobre as diferenças das declinações no grego, no latim e no russo, além de uma análise das virtudes e defeitos da tradução do Manuel Odorico Mendes para a Odisséia)
11:04:04 - Zeno - 8 comentários

Aberto dos EUA

Back in the USSR

Depois que a Anna Kournikova deu início, em tempos recentes, à bem-vinda tradição de tenistas do Leste com nome de genitália, tradição que atingiu seu pico com a Sharapova, eis que surge mais uma jogadora a nos auxiliar na ampliação do vocabulário de baixo calão: com vocês, Anna Chakvetadze, que tem carinha de normalista mas não é, ainda, nenhuma Francielle.
11:00:36 - Zeno - 5 comentários

05 Setembro

Otoridade

— Mas você mexe com quê mesmo?

— Com tudo um pouco. Só não mexo com namoradinha de promotor, que dá um galho danado.

Veja aqui mais da série "Mexo com". Ou aqui.
10:30:00 - Pinto - 1 comentário

04 Setembro

59 bilhões de dólares não podem estar errados

"Esses veadinhos comem tudo na minha mão."

Falam mal de blogues e é nisso que dá. Nosso colega Carlos Slim agora tem o seu.

Livros? Aposto que ele nunca perdeu tempo lendo um.
11:09:55 - Pinto - 2 comentários

03 Setembro

Como diria Fiori Gigliotti, o tempo passa

Na revista Entrelivros do mês passado, com o orelhudo Kafka na capa, há um artigo mezzo divertido sobre os mandamentos da leitura de livros. De interessante, mesmo, as contas feitas pelo articulista: "Se puder ler um livro por mês, dos 16 aos 75, terá lido 720 livros. Se, no mês das férias, em vez de um, puder ler quatro, chegará nos 900. Com dois por mês, serão 1440. À razão de um por semana, alcançará 3120. Com a média ideal de três por semana, serão 9360. Serão apenas 9360. É importante escolher bem o que você vai ler." Lembrei-me de um professor, em meu primeiro ano de faculdade, que aterrorizava os alunos calouros falando com a maior naturalidade do "segundo Wittgenstein" (ninguém percebera o primeiro sequer dar um oi, ou coisa assim), que mandava a gente ler a Ética a Nicômaco no fim de semana e que dizia ser possível, "em dois ou três anos", dar conta de todos os clássicos essenciais da literatura – no que ele talvez tivesse razão, se pensarmos apenas na quantidade de medalhões em cada literatura nacional. Ainda assim, os números assustam: um livro por semana, média que me parece respeitabilíssima, rende apenas três mil livros, e eu já me encontro na metade última da vida útil de leitor, isto é, sem poder remediar a lassidão da metade anterior tisnada em sexo, drogas e biscoitos maisena com leite gelado para acompanhar horas infindáveis em frente à TV. Donde o corolário: "Cêis me dão licença, que eu preciso ler 'A chave de vidro', do Hammett, adiado há pelo menos duas décadas, e não posso perder tempo blogando. Obrigado."
18:34:31 - Zeno - 8 comentários

02 Setembro

Esterça, debréia e outras mumunhas mais

Nós também temos nosso dia de "Persona". Um amigo da coluna, como diz o César "Blow" Giobbi, relata que neste sábado, por volta das 13h, no restaurante Ecco, testemunhou uma escolta de garçons, commis e maîtres conduzindo porta afora o casal Paulo e Sílvia Maluf, até então discretamente posto numa mesa dos fundos, como se estivessem na própria Ilha de Jersey. O que parecia ser fruto de admiração ou de uma gorjeta mais polpuda, opções que não ficam em princípio descartadas —deixamos para o Ministério Público investigar, quando tiver resolvido suas mazelas internas com franco-atiradores—, teve um final insólito.

O prestimoso séquito serviu, na verdade, para empurrar o veículo do casal, marca e ano ignorados ("Mas era coisa de bacana"), que só pegou no tranco. Ao retornar ao restaurante, eis o comentário que se ouviu de um commis mais versado no tema:

— Ainda bem que [o câmbio] não era automático.

Lôco, não?

(crdt : férdinand côstes)
23:01:59 - Pinto - 2 comentários

01 Setembro

Novas aventuras do Homem-Broca

Se a revista Piauí deixasse de existir, eu ficaria chateado.

Lê-se na edição deste mês mais uma do presidente da Phillips, Paulo Zottolo, aquele cujo sobrenome é quase uma confissão. Em sua encarnação anterior, na Nivea, ele teria dito que até sua passagem por lá, claro, a marca seria como Teresina, "que todo mundo sabe que existe, mas ninguém sabe onde fica".

A coisa agora se inverteu: consta que Teresina vai bem, aquele calor danado de sempre, mas ninguém mais ouviu falar foi de Zottolo. A última informação dava conta de uma viagem para a matriz da Phillips, na Holanda, para "compromissos agendados anteriormente".

Nos Países Baixos o nível não é tanto, a gente até supunha. Mas deve haver por lá algum tipo de Roberto Jefferson, nem que seja só no banzo tropical de Zottolo, que fique cochichando no seu ouvido um mantra assim: "Sai daí, Paulo, sai daí rapidinho!".
11:59:30 - Pinto - 2 comentários

Excelências da semana

Senadores de amores.

Arthur Vigiem-no, reserva moral da Nação, e Incitassus Jereissati, titular, em pleno papo de arquibancada.
10:38:54 - Pinto - Comentar

.:: mês anterior :: :: :: :: September 2007 :: :: :: :: próximo mês ::.