:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Todos

Todos os posts do mês. Para selecionar uma seção, clique no menu ao lado.


.:: mês anterior :: :: :: :: December 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.

29 Dezembro

Nada mais humano que a guerra

Foto: Hatem Omar/AP
foto: Palestinos em instalações do Hamas atingidas pelos bombardeios israelenses

Quando estoura uma das 15 ou 20 guerras ou conflitos armados* com os quais convivemos permanentemente, dois pensamentos sempre me ocorrem. Primeiro onde e como estará aquele amigo que por alguma razão inexplicável acha que ser correspondente de guerra é uma profissão razoável e, segundo, quando nós iremos obrigá-lo a, definitivamente, arrumar outra ocupação por absoluta falta de assunto. [Leia mais!]
13:48:52 - Sorel - 1 comentário

As Preferidas do Tio Zeno 3

Parece que os boatos se confirmaram: 2009 virá. Como meu último post de 2008, queria desejar à nanoaudiência excelentes entradas, em várias posições, lembrando o dito bíblico já citado aqui, "Amai-vos uns sobre os outros". O Manu Chao fornece a trilha perfeita: sei lá, acho esse cruzamento didático entre vida pessoal e mundão véio uma das melhores combinações que há, talvez aquela que nos salve do ramerrão da vidinha inexpressiva. Tem a ver com o Marlowe do Chandler, tem a ver com o coitado do Benjamin e a sua Erfahrung, tem a ver com o curto-circuito entre universal e particular, mas tem a ver, sobretudo, com aquela recomendação infalível do bom e velho Guimarães Rosa, de que um amor é sempre um "descanso na loucura". Que voy a hacer, je ne sais pas, mas que 2009 seja dulcíssimo para todos.

This one is for you, babe.

[Leia mais!]
01:06:26 - Zeno - 3 comentários

23 Dezembro

Nossos votos

No mais, nesta época do ano é como costuma dizer o pessoal das Casas Bahia, meus amigos da Família Klein: Feliz Natal!

E que em 2009 ninguém caia na bobagem de conceder habeas corpus àquele pequeno Gilmar Dantas que preside o Supremo de cada um de nós.

A Redação.

(PS — E não nos esqueçamos da última do Bentinho: não basta preservar as florestas, é preciso também salvar os veadinhos!)
11:00:00 - Pinto - 5 comentários

22 Dezembro

Vicky



Rebecca Hall. Melhor que Cristina, Penélope e, bobeando, até Barcelona. Uma variação morena da Luana Piovani além da beleza, com a excepcional vantagem do talento como atriz e do fato de nunca ter Dado por aí.
23:05:40 - Pinto - 3 comentários

19 Dezembro

Bimbalham os sinos (ou "La pasión segun los hipopótamos")

Como último post do ano gostaria de compartilhar com a nano a trilha sonora da reunião de encerramento de 2008. A redação, contrita, entregou-se docemente à fruição da obra "La pasión segun los hipopótamos", da nossa alma-irmã (adotada) portenha Alberto Muñoz (vão lá no guga). Uma obra tocante, em alguns momentos una lacrima furtiva escorreu, por longos minutos (vinte, para ser mais preciso) pelas fauces do Pinto, só procês terem uma idéia da amperagem emocional da peça (da peça do Muñoz, não do Pinto, diga-se). Depois, ponho o resto da presepada.

Bon année, inté.

calma, tem pra todas/ be calm, he's for alls


picasso do cartum

e boas festas à filliuecclessiae (vulgo freguesia), da aphotéke (vó de boteco) aqui.
o al mahzan (divinha...) serve sempre prá servir bem.

O Brasil segundo São Paulo



(crdt : armustus, aquele dos arbustos)
11:20:29 - Pinto - 8 comentários

18 Dezembro

A grande notícia do ano

Reproduzimos a nota de hoje de Monica Bergamo (já sabíamos do ocorrido há alguns dias, mas a notícia estava, por assim dizer, "embargada" e não podíamos furar os jornalões. Sorry, nano):


O juiz colocou o troféu da 'Veja-SP', enviado por Meirelles sobre a mesa

De Sanctis é "premiado" por Fernando Meirelles

O juiz Fausto De Sanctis, da 6ª Vara Criminal de São Paulo e responsável, entre outras, pela prisão do banqueiro Daniel Dantas, ostenta em sua mesa, orgulhoso, um troféu que a revista "Veja São Paulo" entregou aos "Paulistanos do Ano" há uma semana.

Não, o juiz não estava entre os premiados (um grupo que incluía a atriz Sandra Corveloni, a geneticista Mayana Zatz e o jornalista Laurentino Gomes). O troféu acabou em sua mesa porque o cineasta Fernando Meirelles, homenageado na categoria cinema, decidiu enviá-lo ao juiz junto com uma cartinha.

"Ao subir no palco para receber o troféu, disse que me sentia honrado pelo reconhecimento mas que havia um paulistano que merecia o prêmio muito mais do que eu, que nos orgulhava pela sua postura e capacidade de resistir às pressões e que como ele não estava na lista dos contemplados da noite eu repararia o lapso e daria a ele meu prêmio. Este paulistano evidentemente é você [Fausto] e o prêmio, conforme o prometido diante de muitas testemunhas, aí está", escreveu Meirelles ao juiz.

Os dois não se conhecem, mas, na carta, o cineasta se derrama ainda em elogios e dá os "parabéns" ao juiz "pela sua coragem, correção e fibra, que são inspiradoras. Seu exemplo tem uma dimensão transformadora que raras figuras neste país igualam".

Sobre a placa no troféu que leva seu nome, o cineasta colocou um papel e escreveu, a caneta, o nome de seu homenageado particular.
11:19:41 - Pinto - 10 comentários

Há certa genialidade em revelar o óbvio

O MURO

Jorge Ricca Jr.


Pensando na história da USP, só nos resta pedir às autoridades que derrubem aquele muro que separa a universidade da marginal

O MURO que separa o campus da Universidade de São Paulo das pistas da marginal do rio Pinheiros, no Butantã, zona oeste da cidade de São Paulo, é um espanto.

Construído em concreto aparente, o muro mede cerca de 2,3 quilômetros de comprimento por 3 metros de altura e obstrui a visão da vegetação do campus, um belo lugar desta pobre cidade carente de espaços públicos dignos, embora rica de espaços privados exclusivos.

A pergunta a ser feita ao reitor da USP e seu Conselho Universitário e ao governador do Estado de São Paulo é: quais são as razões que sustentam aquele muro, hoje que vivemos no regime democrático e estamos carentes de ar, de horizonte, de natureza dentro da cidade? [Leia mais!]
11:18:03 - Sorel - 6 comentários

17 Dezembro

Especial de Natal: Eu queria...

Paca, tatu, cotia e outros bichos exóticos

...que 2009 fosse um ano de pirarucu!

::uma amêga minha, vocês não conhecem, não::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

(para conhecer os demais pedidos, clique aqui)
14:58:49 - Pinto - 5 comentários

Especial de Natal: Eu queria...

... ser um pedaço de pão, pra matar a fome de alguém. Cantemos juntos!

::renato sumidão k.::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

(para conhecer os demais pedidos, clique aqui)
08:56:02 - Zeno - 1 comentário

Um post puxa outro



Eu podia escolher entre Billy Holiday, Frank Sinatra, Ella Fitzgerald e Louis Armstrong. Sem contar a Diana Krall e outros contemporâneos. Mas acho que os Gershwin escolheriam a versão do Fred Astaire, que, se vocês gastarem um tempo, vão perceber que é a que o Sinatra usa com um pouco mais de potência e fraseados por razões óbvias.
00:11:12 - Sorel - 1 comentário

16 Dezembro

ressar-cimento

they can't take that away from me

Jabá



Lília Lima é amiga da redação e, até onde desconfiávamos, não era fotógrafa. Agora é.
14:00:00 - Pinto - 3 comentários

15 Dezembro

Vai para o trono!

Da apresentadora Lilian Witte Fibe, na entrevista de agora há pouco de Gilmar Mendes:

— Ministro, o senhor não se sente ofendido com essas denúncias todas de vendas de sentenças no Judiciário, o senhor que é do ramo?

Só assim, pelos poucos episódios de humor involuntário, foi possível atravessar o programa. De resto foi uma hora e meia das mais constrangedoras da TV brasileira, e olhe que a concorrência é severa.

(Adendo tardio: em compensação, todos os entrevistados permaneceram calçados até o final do programa.)
23:43:25 - Pinto - 3 comentários

Estômago (2008)

Faltou logo ao diretor.
21:49:02 - Pinto - Comentar

Westwärts schweift der Blick!

Para quem não se lembra, demos a dica, na semana passada, de um excelente e higiênico passatempo para seus dias na fiRma e suas noites com a patroa, a tar regata Volvo Ocean Race, que permite mesmo a manés que confundem bujarrona com recipiente para ponche a chance de navegar em volta do globo simulando as condições de vento, vela e percurso da famosa regata na vida real de mesmo nome.
Mas há manés e manés.
Depois da etapa Cidade do Cabo-Cochin, encerrada há alguns dias, começou no último sábado a terceira etapa, Cochin-Cingapura, prometendo bons ventos e boas disputas para os quase 100 mil inscritos.
Começou e já acabou, graças a um bando de manés que inclui, é triste confessar, três amigos aqui do blog, o Sorel, o Sylvain B. e o nosso ombudsman Luiz. Eles e mais um grupo de espertinhos tentaram cortar caminho pelo norte do Sri Lanka, em vez de seguir a rota sugerida pela direção da corrida. O número de desavisados (400 barcos) assustou o comitê organizador, que resolveu cancelar a largada deste sábado e remarcá-la para amanhã. O texto de desculpas pela decisão é involuntariamente hilário e segue no Leia Mais. [Leia mais!]
18:38:56 - Zeno - 17 comentários

E o cordão da Roda Viva cada vez aumenta mais...

O Idelber elaborou uma lista de perguntas que não serão feitas no programa Panela Viva de logo mais, no qual o presidente do Supremo, Gilmar Amendments, será hagiografado por uma rodinha de jornalistas.

A elas, às perguntas, nós acrescentaríamos:

- Para quem o sr. tiraria o chapéu?

- Qual seu prato preferido?

- Que time é teu?

- Qual a cor do cavalo branco de Napoleão?

- Quem descobriu o Brasil?
14:35:48 - Pinto - 2 comentários

Ainda resta uma esperança

A lesma lerda

E eu achando que agenda nacional seria pautada pelo show da Maradonna...
10:56:20 - Pinto - 3 comentários

14 Dezembro

Rebobine Por Favor (Be Kind Rewind), 2008

Rebeldia ma non troppo.

(retomando a esquecida Série das Resenhas de Quatro Palavras, depois da cobrança do nosso George Smiley)
15:36:52 - Zeno - 3 comentários

a vida, às vezes, é saia-justa*

domnas,
bola na área:
enquête:

*oquei, parafraseando aquele pão do john kennedy

tem domingo que me começa uma beleza.
c/ seu bonvicino vc. pode discutir, mas ignorar, inútil. [Leia mais!]

13 Dezembro

Amor instantâneo

— Conheci outro dia uma menina de Blumenau, loira maravilhosa, que tá estudando teatro aqui em SP. Mas não tô conseguindo uma brecha, tá difícil, ela é meio arisca.

— Mude o approach. Da próxima vez, convide ela pra jantar. Quando vocês se encontrarem no restaurante, mostre a ela uma lata de leite Ninho das grandes e fale, sorrindo: "Essa aqui é pro sogrão!".
00:27:58 - Zeno - 1 comentário

12 Dezembro

Especial de Natal: Eu queria...

... morrer como meu avô, dormindo tranqüilo, e não gritando desesperadamente, como os quarenta passageiros do ônibus que ele dirigia.

::fatjames::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

(para conhecer os demais pedidos, clique aqui)
19:45:48 - Zeno - 5 comentários

Especial de Natal: Eu queria...

... um peru bem gordo (para a ceia, of course).

::anaconda::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

(para conhecer os demais pedidos, clique aqui)
19:38:41 - Zeno - 1 comentário

Roda Viva e o cordão dos puxa-sacos

"A apresentadora do Roda Viva, Lillian Witte Fibe, comanda nesta segunda-feira (15/12), às 22h10, uma entrevista ao vivo com o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Gilmar Mendes.

O jurista brasileiro, que em 2008 passou a presidir a Suprema Corte brasileira, também foi ministro do STF por seis anos, nomeado pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso e advogado-geral da União. Assina a autoria de diversos livros e inúmeros artigos na área de Direito Constitucional. Sua nomeação e atuação como presidente do STF divide opiniões entre os profissionais da área jurídica, sobretudo por suas decisões quanto ao caso de Daniel Dantas, investigado por crimes financeiros na Operação Satiagraha, da Polícia Federal.

Na bancada de entrevistadores estarão presentes Márcio Chaer, editor do site Consultor Jurídico; Reinaldo Azevedo, articulista da revista Veja e do blog Reinaldo Azevedo; Eliane Cantanhêde, colunista do jornal Folha de S. Paulo; e Carlos Marchi, repórter e analista de política do jornal O Estado de S. Paulo."

Pedimos e encarecemos a nanoaudiência a não dirigir perguntas de baixo nível ao entrevistado, a fim de evitar danos colaterais às faces dos entrevistadores.
16:18:07 - Pinto - 5 comentários

Especial de Natal: Eu queria...

... uma cozinha maior.

::p.aral::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

(para conhecer os demais pedidos, clique aqui)
09:07:37 - Zeno - 5 comentários

"Ah, essa tar Internete..."

Depois que você vicia nesse negócio de baixar filmes pela Internete, descobre, entre outras coisas, que os mesmos podem ser divididos em dois grandes grupos: de um lado, aqueles esquisitos, raros, de difícil acesso, inexistentes em outras mídias anteriores, nunca exibidos em telona, que você passou anos ou décadas caçando, etc. Do outro, os que você tem apenas curiosidade, uma "vontadinha", digamos assim, que não foi forte o suficiente para lhe arrancar as dezoito pratas do bolso quando da exibição do filme, ou mesmo as oito da locação na extinta Blockbosta mais próxima. Dentre estes, no meu caso, estava o Brown Bunny, aquele "polêmico", dirigido pelo Vincent Gallo e com o maior jeitão de arapuca alternativo-cabeça para fisgar incautos. Bueno, ainda não vi o filme, mas topei com essa definição estupenda vinda de um usuário dos torrents: "Basically, this is a 90 minute film about a guy who gets his dick sucked for about one minute".
08:59:51 - Zeno - 6 comentários

11 Dezembro

Especial de Natal: Eu queria...

... muito que o novo hacordo hortográfico tirasse os hagás da frente de todas as palavras, menos de Ipopótamo.

::Gugala, que esqueceu de hassinar::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".
16:38:41 - Zeno - 4 comentários

Vai que não agüenta o peso?

Deu no UOL: Ronaldo diz que não irá usar Corinthians como trampolim.

Com esporte de alta performance não convém brincar.
14:07:38 - Pinto - Comentar

Especial de Natal: Eu queria...

ser... Uma folha de papel em branco
Onde as pessoas pudessem escrever
O quanto elas são felizes ou não

Queria ser...Só dez minutos de chuva, pra poder apagar esse fogo que atua
Na tua solidão [Leia mais!]
11:55:39 - Pinto - 2 comentários

Especial de Natal: Eu queria...

... não ser um hipopótamo por um dia!

::Gaudério dos Pampas::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".
11:17:23 - Pinto - Comentar

Especial de Natal: Eu queria...

... ser o seu caderninho...

::Jaime - OneWG::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

09:50:49 - Zeno - Comentar

Especial de Natal: Eu queria...

..."querer nada, mesmo sabendo que é uma contradição."

..."que o mundo fosse de novo do tamanho da minha mão."

Quase virou um poema. Mas acho que estou com SAD.

::I Am Evil::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

09:49:30 - Zeno - Comentar

"Oi, meu nome é Inge, e o seu?"

A cena, verídica, envolve membro do blogue, daí o silêncio da identidade. Com dores nas costas depois de noite mal dormida, nosso herói sai à  procura de algum préstimo médico. Sua companheira, solícita, diz as inacreditáveis palavras: "Tenho aqui o telefone de uma massagista sueca que me foi vivamente recomendada". Anos de conduta cool vieram à tona na resposta "Ah, legal, acho que vou conferir". Algum tempo depois, na sala de espera e de antecipação do consultório, abre-se a porta e uma robusta senhora loura, de uns 65 anos, sorri e pede que ele entre para a consulta. Novamente os anos de auto-controle ajudam na observação mental: "Ah, se ela tivesse uns dez anos a menos... Não, não, não é isso: ah, se eu tivesse dez anos a menos".
09:40:01 - Zeno - 1 comentário

Especial de Natal: Eu queria...

... paz na terra aos homens da Legião da Boa Vontade do Paiva Netto.

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".

09:03:31 - Zeno - Comentar

Que sorte a dele

pra casar

Estava eu navegando procurando uma boa receita de pesto à moda de Gênova quando conheci a rapariga. Seu nome é Ana Elisa e o epípeto auto declarado de "nonna em treinamento" é matador. Designer, ilustradora, cozinheira, não necessariamente nessa ordem. A amiga cozinheira que nunca tive e sempre quis ter. Sabe tudo. Meninos, juízo que a moça é linda, mas casada. No mais, divirtam-se com as receitas e as dicas.

La Cucinetta
00:26:10 - Sorel - 5 comentários

Especial de Natal: Eu queria...

...mas depois que a Mulher Melancia sumiu não quero mais nada.

::Luiz Franz::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".
00:05:11 - Sorel - Comentar

Especial de Natal: Eu queria...

...cantar Mamma Mia com o Pierce Brosnan nas ilhas gregas vestida de afrodite; e se eu ganhar prometo que abro mão da minha parte hipopônica

::AP::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".
00:02:13 - Sorel - Comentar

10 Dezembro

Especial de Natal: Eu queria...

...participar do concurso, mas desisto porque sei que sou azarado e nunca ganho nada, mesmo quando repito a frase.

::Franciel::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".
18:12:01 - Sorel - Comentar

Especial de Natal: Eu queria...

... que Ella Fitzgerald me desse uma rabanada.


Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".
18:11:47 - Pinto - 1 comentário

Especial de Natal: Eu queria...

... participar do concurso, mas desisto porque sei que sou azarado e nunca ganho nada.

::Ingresia::


Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".
18:10:41 - Sorel - Comentar

Especial de Natal: Eu queria...

... que o brioso Esporte Clube Vitória não contratasse um centroavante do porte de Ronaldo Nazário.

::Torcedor do vitória::

Clique aqui, envie seu pedido ao Papai Noel e participe você também da "Promoção Hipopótamo Por Um Dia".
18:09:55 - Sorel - Comentar

Série Especial de Natal

Depois de longa e calorosa discussão, a equipe editorial resolveu lançar uma série especial de posts de Natal com a colaboração da nanoaudiência, ou seja, de vocês 4 que nos lêem e fazem a gentileza de trocar seus nicks a cada comentário para nos dar a sensação de que são pelo menos, por baixo, uns 9 ou 10. Veja abaixo como participar.


Promoção Hipopótamo Por Um Dia

Para participar, basta enviar um micropost com seu pedido para o Papai Noel para especialzeno@gmail.com. O autor do melhor pedido vai ganhar o direito de pagar o uísque na próxima reunião da redação, além de passar 1 (um) dia inteiro como um legítimo Hipopótamo, podendo postar a seu bel prazer e mostrar aos outros 3 (três) leitores do blog que também é gordo(a), desajeitado(a) e responsável pelo maior número de mortes "acidentais" na África subsaariana.

Para ajudá-los, inspirá-los e disfarçar a pequena adesão que certamente teremos, nós aqui da redação também iremos enviar nossos pedidos, mas, obviamente, sem concorrer aos fantásticos prêmios.
16:13:41 - Sorel - 8 comentários

Lista cinéfila de fim de ano

Os Cahiers du Cinéma publicaram recentemente um livro bacanudo, editado por Claude-Jean Philippe, com o título Cem Filmes Para Uma Cinemateca Ideal. A partir de uma consulta a 78 críticos e historiadores de cinema, foi feita a lista dos cem filmes, lista que segue abaixo e no Leia Mais. O número ao lado de cada filme é o total de votos obtidos. Na contabilidade final, alguns suspeitos de sempre, muitas novidades e surpresas. O perrengue, como sói, é fazer a tradução mental do título francês para descobrir de que filme se trata.

Citizen Kane (Orson Welles) 48
La Nuit du chasseur (Charles Laughton) 47
La Règle du jeu (Jean Renoir) 47
L’Aurore (Friedrich Wilhelm Murnau Murnau) 46
L’Atalante (Jean Vigo) 43
M. le Maudit (Fritz Lang) 40
Chantons sous la pluie (Stanley Donen et Gene Kelly) 39
Vertigo (Alfred Hitchcock) 35
Les Enfants du Paradis (Marcel Carné) 34
La Prisonnière du désert (John Ford) 34
Les Rapaces (Eric von Stroheim) 34
Rio Bravo(Howard Hawks) 33
To Be or Not to Be (Ernst Lubitsch) 33
Voyage à Tokyo (Yasujiro Ozu) 29
Le Mépris (Jean-Luc Godard) 28 [Leia mais!]
12:33:30 - Zeno - 2 comentários

Barriga

Comemos bola e deixamos de fazer o registro que a essa altura todo mundo já fez: Ronaldo Feromônio agora se traveste com o uniforme do Corinthians. Aos leitores as escusas.

(Disclaimer — Esta nota foi redigida segundo o Novo Manual de Redação do Hipopótamo Zeno, que reza: trocadão é algo a ser utilizado com moderacilho.)
10:49:47 - Pinto - 3 comentários

08 Dezembro

Anchors Aweigh!

A epidemia de fim de ano é conhecida: ninguém tem tempo pra nada, tá todo mundo estressado, as tarefas e pendências pululam mais que índio em fita de farvéste dos anos 30 (no dizer do Sorel, aqui do blog, "agora eu tô matando só os índios que estão na frente; os de trás eu deixo pra matar depois"), etc. Pois bem, a nanoaudiência está interessada numa pausa para a loucura, num oásis de sossego, marítimo ainda por cima, em meio às cobranças do chefe, dos colegas da fiRma, da esposa e do gerente do Unibancú? Nós temos a sugestão: Volvo Ocean Race, a famosa regata volta ao mundo, agora em versão joguinho de computador em tempo real. Você se inscreve, monta um barco, escolhe as diferentes velas, analisa o vento e sai deslizando. A segunda etapa, Cidade do Cabo - Cochin, termina daqui a dois dias. A terceira vai de Cochin a Cingapura e é um ótimo ponto de partida para quem ainda não se inscreveu (já que você pode descartar três resultados/etapas ruins). Noventa mil abnegados ao redor do mundo estão participando, incluindo este que vos fala e um amigo francês metido a besta que terminou a segunda etapa três dias na minha frente. E olha que a maior proeza da história náutica da França foi ter feito Calais-Dover em seis dias.

(crdt pela dica náutica: o luso-angolano jotapê, via a ítala-tedesca p.aral, quatro países sabidamente conhecidos por suas glórias marítimas)
11:38:57 - Zeno - 14 comentários

07 Dezembro

Linda é a democracia

Urso Panda e Guaxinim

A se confirmar a nota do Elio Gaspari de hoje, segundo a qual Jarbas Vasconcelos será o vice de José Serra, podemos ter certeza de que a disputa com Dilma Roussef vai ser bonita.
10:50:28 - Pinto - 8 comentários

06 Dezembro

O boquirroto, o boçal e o banguela

A propósito de toda a comoção com o inadequado "sifu" do presidente —uma comoção diferente daquela que teria ocorrido caso o presidente tivesse sifu, aliás—, me lembrei do seguinte episódio, de anos atrás.

Em cima de um palanque armado numa cidade do interior nordestino, testemunhei o sempre educado FHC 1º, do alto de sua soberba Sorbonne, fazer troça pelo fato de um popular que assistia a seu comício e lhe faltavam alguns dentes.

Constrangeu até tucanos de alta plumagem que estavam ao redor.

Essas coisas, como diz o outro, a oposição finge que não vê.
14:23:43 - Pinto - 3 comentários

Mil e uma maneiras de ganhar 1 milhão em 2009

null

3. Caprichar no Photoshop unindo uma foto da Mulher Filé (na sua pose típica acima, a título de ilustração somente) a um eqüino (ainda não matamos o trema aqui na redação) qualquer e sair por aí vendendo imagens da "Mulher Filé a Cavalo".

4. A propósito, dispensar os epítetos intermediários e faturar algum agenciando a Mulher Picanha, a Mulher Chuleta, a Mulher Linguiça, a Mulher Sobrecu a Mulher Esfíncter e, last but not least, a Mulher... deixa pra lá..

(contina...)
13:21:58 - Pinto - 4 comentários

04 Dezembro

Mil e uma maneiras de ganhar 1 milhão em 2009

1. Pegando carona no boom da categoria e considerando a meca gay que é São Paulo, lançar um canal de notícias 24h inteiramente dedicado ao segmento. Batizá-lo Al Jacira.

2. Patentear e lançar, não necessariamente nessa ordem, um assento sanitário para veículos, desengarrafando intestinos e ruas nesta que deve ser a capital mundial da prisão de ventre. Fazendo mais fezes quiçá as pessoas farão menos merda no trânsito.

(continua...)

(Da série: "o ideograma chinês para 'crise' é a junção de 'esperteza' + 'cara-de-pau'.")
21:50:03 - Pinto - 5 comentários

03 Dezembro

"Condomínio Princesa Isabel"

Este blogue acompanha sem desassombro de perto a evolução do mercado imobiliário e julgava já ter visto de tudo. Eis que agora se nos descortina um item, perdão, feature até então ignorado pelo nosso vão conhecimento urbanístico: a Praça da Babá, uma prova de que o mercado está antenado com as últimas tendências ("Olha o Obama, aí!") e é capaz, sim, de promover a integração entre classes sem abrir mão do conforto, da segurança e, não menos importante, do pelourinho.

Procure no próximo grande lançamento da cidade que você acha.
15:19:13 - Pinto - 2 comentários

Esquadrão de ouro —sem o ouro, claro

Este é um relato muito confessional, então você talvez devesse parar de lê-lo por aqui. Tem sido um prazer insuportável labutar aqui como mero redator, dono de certa agilidade de raciocínio até já meio perdida, somando (subtraindo?) a esta equipe distintíssima. Zeno, um scholar-que-não-ousa-dizer-o-nome, é um sujeito que empresta densidade e, perdão, conteúdo a qualquer bobagem que abordemos aqui. Mandaca, não menos, adiciona trilha sonora e histórias do arco, cada uma superior a outra. Sorel não apenas "traduz" o que se quer fazer para a linguagem dos bits, mas teoriza e age sobre o universo virtual como ninguém outro que eu conheça pessoalmente. E, acima de tudo, paira sobre nós a benfazeja influência e a malsã escrita hieroglífica do Smiley, essa deidade umbandistico-arquitectônica que nos ilumina a todos. Um time que só não dá mais orgulho do que o prestígio da nanoaudiência, chiquita pero cumpledora como ela só.

Mas —puta-que-pariu— como nos faz falta um sócio capitalista!
11:55:15 - Pinto - 9 comentários

colhido numa gas station, henrique tchau-man.

púbico leitor da vejga; talvez; ou leitor público da mejma; ou seiláuqê (a orde dos podruto num altera os fator)

- qto é esse '"PeTralhas" aqui?
adaga ele, de terno, apressado
- olá, boa noite senhor, 34,90...
a atendente, bonitinha, treinada mas robot
- eu vou levar
- crédito ou ' à vista', senhor...? (não lembro em inglez, ah, ' ou cáshi...?' )
- crédit' o
parescendo perspicaz, de terno

e o amigo dele ali atrás, contente, de bermudão e buné, prestando atenção no livro no 'expositor' (idem no inglez, ok, foda-se...)
- num tinha intindido o ' petralha', agora queu vi, pt------------tralha,
hãã,-------------hã hã, hãã...

02 Dezembro

...ou nos locupletemos todos

É uma besta o sr. Carlos Marques?
(crdt : arthur le rouge)
22:30:45 - Pinto - 4 comentários

Cabelos longos, idéias curtas

Depois fica essa falação sobre o primeiro ensaio da Ohana. A moça só estava curtindo uma onda retrô.

Rir é o melhor remédio

Essa aqui é para compensar minha ignorância sobre postar imagens no boteco.
Vão, garanto as gargalhadas.
10:40:38 - DJ Mandacaru - Comentar

Mais uma primavera

O japonês di suporte

No apogeu da estação, senhoras e senhores, Julien Sorel, nosso consultor renascentista conectado à internet 24/7, fica mais velho sem perder seu charme. A ele rendemos nossas homenagens.
06:00:00 - Pinto - 10 comentários

01 Dezembro

Um lugar para chamar de seu

A memória cada vez mais rota acha que foi por volta de março de 1973. Eu estava abandonando engenharia na Unicamp e me preparava para voltar a São Paulo.
Dos botecos que a minha turma freqüentava, um era o predileto disparado: o Bar do Alemão, na avenida Antartica. Pela música que rolava, pelo clima camarada que o Pelão havia oferecido àquela molecada cearense, por não ter muita hora pra fechar.
E foi num meio de semana, já umas duas da manhã, que o Eduardo Gudin adentrou o bar com um cidadão de cabelos brancos alisados com brilhantina, o violão envolto numa capa de lonita, não demorou dois segundos para todo mundo reconhecer a figura: Nelson Cavaquinho, que havia lançado no ano anterior um disco que virou um clássico instantaneamente.
O Dagô, pandeirista e dono do bar, se apressou em baixar as portas, mais ninguém do lado de fora e quem estava dentro não tinha a menor intenção de sair. O Nelson tirou o violão da capinha e, com aquele jeito exclusivo de beliscar as cordas com a mão direita, começou o desfile: em primeiro, as mais famosas do disco; depois, tudo que pedíamos, tudo que ele lembrava, tudo que nem sabíamos existir, até que lá pelas oito da matina o Dagô abriu as portas do bar para uma das mais luminosas manhãs que eu já vira.

Acho que foi ali que eu decidi que poderia morar em Sampa.
[Leia mais!]

A tradicional rebordosa de segunda sob outro prisma

Não tem jeito. Há coisa de um ano, a leitura dos jornalões e das revistinhas no final-de-semana me leva à mesma triste constatação sobre o bipartidarismo que vivemos: o Brasil é um país de antas e Dantas. Ou se é de um tipo ou se é do outro.

E você, de que lado você samba?
10:54:50 - Pinto - 4 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: December 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.