:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Tectum Intuentes

Ociosidade produtiva - textos reflexivos, anotações íntimas, sacanagens e demais ressentimentos.


.:: mês anterior :: :: :: :: March 2009 :: :: :: :: próximo mês ::.

31 Março

Sonata a Kreutzer, estréia em março de 2029

O troço começou faz umas duas semanas. Ouço todas as noites, pela janela do apartamento, um sujeito que decidiu aprender a tocar violino.

Já tive tudo quanto é vizinho (de prédio ou de proximidade) numa longa lista apartamental: igreja evangélica coreana, com direito a gritos bilíngües de Salve Jesus e karaokê de música sacra pop; escola de inglês para iniciantes, que enfrentavam o verbo to be como quem conquista o Himalaia; vizinha de cima ninfomaníaca acompanhada de doberman com as unhas grandes (a ordem dos fatores é intercambiável); dona de brechó histérica que considerava o elevador uma instância metafísica, propícia a considerações sobre o Além e o Aquém; o etc é interminável.

Mas o cara do violino está me tirando do sério. Aí pensei que poderia ser pior, que ele poderia querer aprender tuba, ou que ele poderia estar roubando ou matando, e em vez disso decidiu estudar violino. Tranqüilizei-me um pouco. Aí lembrei do queridinho do blog, o Raymond Chandler, que descreve assim uma noite de insônia: "At three a.m. I was walking the floor and listening to Khachaturyan working in a tractor factory. He called it a violin concert. I called it a loose fan belt and the hell with it."

Well, realmente poderia ser bem pior.
22:31:59 - Zeno - 3 comentários

28 Março

Slumdog Millionaire em versão portenha

"O protagonista é estudante de Direito em Bombaim. Blasfematoriamente, descrê da fé islâmica de seus pais, mas, ao declinar a décima noite de lua de muharram, encontra-se no centro de um tumulto civil entre muçulmanos e hindus. É noite de tambores e invocações: entre a multidão adversa, os grandes pálios de papel da procissão muçulmana abrem caminho. Um ladrilho hindu voa de uma sotéia; alguém afunda um punhal num ventre; alguém - muçulmano, hindu? - morre e é pisoteado. Três mil homens lutam: bastão contra revólver, obscenidade contra imprecação. Deus, o Indivisível, contra os Deuses. Atônito, o estudante livre-pensador entra no motim. Com as mãos desesperadas, mata (ou pensa haver morto) um hindu. Atroadora, eqüestre, semi-adormecida, a polícia do Sirkar intervém com rebencaços imparciais. Foge o estudante, quase sob as patas dos cavalos. Busca os últimos arrabaldes. Atravessa duas vias ferroviárias ou duas vezes a mesma via."

A Aproximação a Almotásim, Jorge Luis Borges, 1935.
10:23:51 - Zeno - Comentar

22 Março

Crise, crítica e outras mumunhas


"Aqui" onde?

E depois neguim diz que a crise não é lá essas coisas: antigamente a gente não ganhava nada pra divulgar jabás aqui no blog. Com o derretimento financeiro mundial e o enxugamento do orçamento doméstico, a gente fomos obrigados a cobrar uma caixa de uísque pelo aí de cima. Recebemos apenas 8 garrafas, o que aparentemente se explica porque a crise também afetou a aritmética.
08:25:10 - Zeno - 9 comentários

19 Março

Efeméride

Hoje, 19 de março, solstício de verão no Hemisfério Sul, é Dia de São José, que vem a ser o padroeiro do Estado do Ceará, dos carpinteiros e, dizem, dos cornos, sendo que nenhuma dessas coisa está, necessariamente, relacionada com a outra.
06:00:00 - Pinto - 5 comentários

15 Março

Para evitar a excomunhão

14:42:05 - Pinto - 8 comentários

10 Março

Colegas

se tem um tipo que me irrita é o pernóstico. raramente consigo desenvolver a empatia que gerealmente me toma e que acabam estabelencendo aquela relação de bichinho de estimação que a gente tem com algumas pessoas. mas com o pernóstico não dá. o tipo me tira do sério. eu cá tenho uma teoria de que todo pernóstico tem um passado triste, uma infancia prejudicada e inadequada e que o pernoicismo é uma forma mal suceidda de procura da aceitação. como se ele nao entendesse as regras direito e extrapolasse, passas-e do ponto. to trabalhando com um cara que é pernostico. 2 na verdade.as vezes acho que vou subir na mesa e comecar a gritar ou encher ele de porrada. o pior é que ele é meio grande e a chance de eu apanhar tb. mas fico pensando enquanto ele fala e explica um projeto em seus minimos detalhes:"- será que ele era gordinho?"
23:52:50 - Lama - 24 comentários

09 Março

Fundo de Garantia: verdade ou ficção?

A questão é reincidente, como já dissemos em outras ocasiões, mas semana passada, passeando de carro por uma rodovia inteligente com radares e placas idem, voltei a matutar: "mais dia menos dia eu perco meu emprego".
19:47:34 - Zeno - Comentar

Temos feed II

Graças ao Bandini, e atendendo a pedidos, temos feed de verdade agora. Que se dane a tradição! Viva a modernidade!
10:52:30 - Sorel - 7 comentários

06 Março

Estupra, mas não mata

Ao Arcebispo de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho, gostaria de dizer: fiqeu tranquilo. a maioria da população não está indignada com seus atos, está rindo. ninguem mais leva vcs a sério. nem os católicos, coitados, que tem que passar vergonha por sua causa.
23:13:10 - Lama - 13 comentários

Feed

Temos feed. Aproveitem.
20:58:42 - Sorel - 7 comentários

03 Março

lembranças

O pecado mora ao lado, Faça a coisa certa, Inferno na Torre, Vidas Secas, O Estrangeiro (uma descrição no comecinho do livro), Lawrence da Arábia, O expresso da meia-noite (a cena no aeroporto) e, é claro, Apocalipse now. alguém lembra de mais algum?
00:57:02 - Lama - 13 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: March 2009 :: :: :: :: próximo mês ::.