:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Lixo da Internet

Correntes de Santo Antônio e similares - você deleta e a gente recupera.


.:: mês anterior :: :: :: :: May 2009 :: :: :: :: próximo mês ::.

31 Maio

além de tudo

18:22:34 - George Smiley -

15 Maio

i, mundo

tô lendo meus jornal aqui sussegado e dou c/ essas, que beleza que é a vida:

- eita cearázão novo que quer porque quer ser tão mar.

- aerolíneas latinas agitam o eixo barcelona-madrid-medellin.

- e, o que alegrou a manhã, das frases preferida do ano djá e que automaticamente passou a servir prum monte de coisa, por um mestre:

"Por que tem preferido fazer filmes menores, independentes?
Porque quanto menos dinheiro o filme tem, mais ambicioso você pode ser. Os filmes grandes têm de agradar a muita gente e acabam ficando estúpidos."
12:13:21 - George Smiley -

12 Maio

téquinfim, um lugar de lugares

como que atendendo às nossas preces contra a crassemerdiocrização da existencia habitacional urbana, eis que uma intelligentzia imobiliária insurge-se.
alguém aí já ouviu falar duma coisa chamada axpe ?
21:43:45 - George Smiley -

11 Maio

...agora diga isso com uma imagem (em movimento).

Tive um professor de física que gostava de dizer que o Sol iria encolher e esfriar, mas que ninguém precisaria se preocupar com a era do gelo que isso inevitavelmente iria provocar, pois antes, ele, o Sol, iria expandir até engolir Vênus, esquentando nossa atmosfera a ponto de tornar a vida na Terra impossível.

Há quem diga que os jornais vão acabar. Não estão completamente errados. Jornais como conhecemos hoje, impressos em papel e distribuídos na porta de casa todas as manhãs, não vão durar muito tempo. Mas é pouco provável que o fim do jornal impresso também signifique o fim das redações. Sei que é um desalento para quem acredita que o mal do mundo é o PIG, a tal da imprensa golpista, que teima em achar defeito no salvador da pátria e em seu governo, mas fazer o quê? O jornal impresso não será substituído por milhares de blogues "independentes e isentos", mas por sua versão eletrônica, escrita por uma redação profissional, assalariada, sob um guarda-chuva empresarial e sujeita às mesmas qualidades e vícios. A notícia apurada, selecionada, organizada e distribuída continuará a existir, em papel ou pela internet. [Leia mais!]
18:25:27 - Sorel -

.:: mês anterior :: :: :: :: May 2009 :: :: :: :: próximo mês ::.