:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


A hora do DJ Mandacaru

Velharias musicais sempre fresquinhas.


.:: mês anterior :: :: :: :: February 2010 :: :: :: :: próximo mês ::.

05 Fevereiro

No osso



Aqui, ó, que eu vou explicar pra vocês quem foi Thelonius Monk. Aliás, acabou de sair uma excelente biografia do cabra, dezoito doleta compra na Amazon.
Mas a conversa aqui é outra. Todo mundo sabe que o segundo instrumento preferido do Duke Ellington era a orquestra (o primeiro só era usado nos Warm Valleys), arranjos grandiosos, complexos e cousa e lousa. Aí, em 1955, o maior construtor de acordes-bonsai do jazz, inaugurando sua fase na Riverside Records, gravou oito faixas, todas do Duke, só que em registro mínimo (piano, baixo, bateria), reduzindo ao talo a essência das músicas. Coisa de gênio.

Se você é do ramo certo da família Setúbal, sabe onde ir. A hora do pobre também está disponível.
[Leia mais!]

.:: mês anterior :: :: :: :: February 2010 :: :: :: :: próximo mês ::.