:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


A hora do DJ Mandacaru

Velharias musicais sempre fresquinhas.


.:: mês anterior :: :: :: :: October 2010 :: :: :: :: próximo mês ::.

28 Outubro

As águas vão rolar


Acho que a nano já percebeu que manguaçar é uma das atividades prediletas aqui da redação. Pois, muchachos, acabei de tropeçar numa das trilhas mais bacaninhas para acompanhar a prática do nobre esporte.

Francisco de Asis Javier Cugat Mingall de Bru y Denlofeo vocês não devem conhecer, não. Mas Xavier Cugat mora no coração do Jorjão, por exemplo. O catalão nasceu em 1900, aos quatro a família já havia se picado para Cuba. Aos 12, o moleque tocava na Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional de Havana. Mudou-se para Nova York e ganhava pro de comer tocando na rua, em cabarés, e desenhado quadrinhos pro The Los Angeles Times.

O disco apenso foi gravado em 1963, o primeiro dele em stéreo hi-fi. Ouçam aí duas provinhas e o resto no escondidinho. [Leia mais!]

17 Outubro

Paris me lembra Criciúma

Não sei de melhor maneira de se gastar 120 pratas do que na caixa de 12 CD's que o Sesc está lançando com toda a discografia do meu, do seu, do nosso Itamar Assumpção, incluindo dois discos inéditos e a remixagem dos álbuns anteriores, sempre tão sofridos pra quem viu o Itamar ao vivo e depois chorava ao ver o resultado das gravações em estúdio. Mesmo em tempos de pujança econômica do país, é melhor se apressar e comprar agora a caixa, porque depois de 31 de outubro o preço vai pra 150 reales - pra ficar no assunto da semana, quem tem Nego Dito não precisa de Capitão Nascimento.
11:25:43 - Zeno - 2 comentários

14 Outubro

Bundando em BAires



Aí você tá à toa numa quarta em Buenos Aires. O HZ sabe exatamente o que deve ser feito. Vá até à Maldita Milonga (Calle Perú, 571, em San Telmo) e prepare-se para ouvir uma das coisas mais sensacionais que já vi em matéria de tango: a Orquesta Típica El Afronte. Onze jovens (vistos aqui dos meus 57), com uma formação tradicional (quatro bandoneons, três violinos, voloncelo, baixo, piano e um cantor sensacional, o Marco Bellini), tocando com uma garra que deixou a platéia francamente exaltada. Vejam aí duas provinhas de som e imagem mais o último deles.

[Leia mais!]

.:: mês anterior :: :: :: :: October 2010 :: :: :: :: próximo mês ::.