:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Jornal Velho

Recortes e papéis de ontem, de duas décadas, do mês passado, de hoje - o pesadelo do pessoal de limpeza.


.:: mês anterior :: :: :: :: October 2010 :: :: :: :: próximo mês ::.

22 Outubro

Pede pra sair, Tobias 01

Deu nos matutinos de hoje que a Polícia Militar de São Paulo está em disputa com a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco pela posse dos restos mortais do brigadeiro Tobias de Aguiar, fundador e patrono da PM, além de dar nome à unidade de elite da corporação, as amigáveis Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota). Segundo a PM, o corpo seria levado a um novo mausoléu, a ser construído, cujas linhas seriam inspiradas nas criptas de Abraham Lincoln, Martin Luther King, Juscelino Kubitschek e, último mas não menos importante, no Taj Mahal. Já a Igreja alega estar escudada em decisão do Condephaat de que o corpo, embalsamado, deve permanecer "intocado na cripta", sem que "nenhuma parte" seja retirada.

Já mandando o "Lôco, né?" de praxe, e longe de nós querer zoar com a Igreja, a PM ou o Tobias, surge a dúvida revestida em benção: mas que sorte deu a PM de São Paulo, né não? E se o brigadeiro se chamasse Xavier de Almeida? Ou Sérgio de Alencar? Ou mesmo Nestor Camargo Assunção? Já imaginaram o desprestígio do antigo e bem-sucedido slogan eleitoral malufista, "A Rota na rua!"?
21:13:43 - Zeno -

21 Outubro

um purinho aí pro

bob guccione

quanta bestera imaginei
antes
e quanta não fiz depois
graças a ele e seus
podruto

isso sim que era liberdade de imprensa
17:12:20 - George Smiley -

08 Outubro

At. Sltv. Bumb. Perf. Bj. Greg. C/ Mass. LingoTr. Compl.

Em homenagem ao espirito aberto do Joel Mabus aí embaixo, topei hoje com aquela recomendação editorial de praxe, na seção de classificados do jornal, que proíbe "referência quanto ao 1) sexo, 2) idade, 3) cor, 4) situação familiar ou 5) qualquer palavra que possa ser interpretada como fator discriminatório". Pode ser falta de perspicácia minha, mas é difícil imaginar algo mais discriminatório (no sentido de classificar, especificar, diferençar, etc) que a seqüência de anúncios publicados logo a seguir. Usando os mesmos números acima, teríamos: 1) "Tatiana travesti", 2) "Eliane Cinquentona", 3) Akemi Japinha Alto Nível", 4) "Anita Coroa Casada Dupla" e 5) "Diego Carioca Bilíngüe".

Acho que nem mesmo a tolerância do Joel resistiria a tamanho ataque de discriminações.
08:42:24 - Zeno -

05 Outubro

R.I.P. 3

Não quero dar palpite em seara que desconheço, mas baixou a Mãe Dinah por aqui e queria compartilhar com vocês o vaticínio:

"Não fará a menor diferença, para qualquer uma das candidaturas a 2o. Turno, a declaração de apoio/voto/simpatia/neutralidade de Marina Silva".

Explico sucintamente: até que o partido e a candidata façam o pronunciamento "oficial" (viva a aspa digital), que corre o risco real de ser o mais anódino possível, a rapaziada toda envolvida - eleitores, lideranças, partidos, marqueteiros - estará trabalhando à margem da costura oficial, de um lado e de outro, independentemente da posição oficial tanto do saco de gato que é o partido como da própria Marina.

E tenho dito. E podem cobrar, principalmente os "analistas de plantão" (viva a aspa etc) que ficam martelando os 20% da Marina como se fossem algo tangível e deslocável daqui pra lá e vice-versa.
21:20:58 - Zeno -

.:: mês anterior :: :: :: :: October 2010 :: :: :: :: próximo mês ::.