:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


A hora do DJ Mandacaru

Velharias musicais sempre fresquinhas.


.:: mês anterior :: :: :: :: May 2011 :: :: :: :: próximo mês ::.

30 Maio

Quem avisa amigo é

Prá quem não foi no Engenhão e não quer ficar na saudade.
22:06:52 - DJ Mandacaru - Comentar

Enquanto corria a barca




Ameaçados de perder algum dos nossos parcos leitores, fui obrigado, pelo nosso editor, a esclarecer um dos comentários do nosso correspondente no interior de São Paulo.
Don't Bogart Me quebrou a banca quando foi incluída na trilha de Easy Rider, um dos ícones do cinema do finalzinho da década de 60, Woodstock e aquelas coisas. Aliás, a trilha é uma das mais bacanas que conheço, feita só com sucessos da época, o que incluía Jimi Hendrix, Steppenwolf et caterva. A música em tela era do The Fraternity of Man, um grupo que não chegou a ficar muito conhecido por aqui, não. Alíás, nem lá.
Gravaram apenas dois discos, um em 68, de onde saiu "Bogart", e outro no ano seguinte.
O Bogart do verso inicial é esse mesmo que vocês estão pensando, o Humphrey. Quer dizer mais ou menos o seguinte: "Não empata a barca, colega".

Side A-03-Don't Bogart Me by DJ Mandacaru

[Leia mais!]

29 Maio

In cerca de Italia

O disco aí abaixo apareceu porque a DJ Mandacara (DJéia Mandacaru?) ouviu um negócio sensacional na Rádio Cultura ontem à noite. Recém lançado na Europa, o disco Mistico Mediterraneo junta o trompetista Paolo Fresu, o bandoneonista Danieli di Buonaventura mais um conjunto vocal da Córsega, a Filetta Corsican Voices. Coloquem o nome do disco no Gaagle que vocês saberão do que se trata. Acha até em FLAC.
Foi ouvir o tal do disco e nos lembrarmos de um bem mais antigo, In Cerca Di Cibo ("em busca de comida" para os menos versados no idioma do sogrão do Pato), lançado em 2000. Só o Gianluisi Trovesi nas clarinetas e o Gianni Coscia na sanfona, uma combinação que o nosso editor particularmente a-do-ra. Tá tudo explicadinho no texto que acompanha o disco, de autoria de outro carcamano, o Umberto Eco.

Trovesi, Gianluigi & Gianni Coscia - In cerca di cibo - 01 In cerca di cibo by DJ Mandacaru

[Leia mais!]
16:24:00 - DJ Mandacaru - Comentar

28 Maio

Bons tempos aqueles



(crdt : popolônio)
05:49:11 - Pinto - Comentar

27 Maio

Piano na madrugada

Esse aqui foi desencavado pela garota que baila comigo há 35 anos, às quatro da matina de quarta-feira passada, estávamos acordando e não indo dormir, só mais uma das vicissitudes da idade, não a pior delas.
Adrian Iaies é um dos grandes pianistas argentinos na ativa. Toca jazz, mas não se limita ao cercadinho. Arrasa no tango, mas não se prende ao jeitón tradicional. Pode tocar Malena, mas Caravan é perfeitamente audível por trás.
Tá tudo aqui nesse disco de 1998.

03 Pista 3 by DJ Mandacaru

[Leia mais!]

19 Maio

60 anos do Joey



Tem mais aqui na Trip.
11:55:40 - Sorel - 1 comentário

13 Maio

Park Avenue é aqui



Povo que gosta de conjuntos vocais de jazz não costuma ir com a cara do The Manhattan Transfer. Eu gosto. Especialmente nesse disco de 1985, Vocalese, onde Cheryl Bentyne, Tim Hauser, Alan Paul e Janis Siegel prestam suserania e vassalagem ao grande, enorme Jon Hendricks, um cabra que, inconformado em apenas cantar pra cacete, inventou de botar letras naquelas melodias de bebop, mais tortuosas do que decisão do Metrô de Sampa. Vejam na página de trás o repertório e músicos que acompanharam -- só gente da pesada. Vai sem provinha, que o Nuvem de Som tá cada vez mais fresquinho.

[Leia mais!]
16:02:40 - DJ Mandacaru - Comentar

12 Maio

Rolling in the deep



O nome dela é Adele, é britânica e a mais nova queridinha de vendas depois que a Amy foi pra Jamaica e voltou melhor.
11:28:22 - Lama - 1 comentário

04 Maio

És a rainha do lar




Dos três grandes arranjadores de Frank Sinatra, é dele que gosto mais. Pode botar na conta do cabra também os melhores arranjos para Nat King Cole e Ella Fitzgerald. O fato é que Nelson Riddle era um craque.
O HZ, que não deixa por menos quando se trata de servir aos nossos leitores, foi buscar o megaarranjador para alegrar o Dia das Mães da nano.
O disco ofertado foi gravado em 1959, muito antes da invenção do karaokê. Mas o espírito é o mesmo. Bota o bicho pra rodar e - voilá - a orquestra do Riddle vai entrar, bonitinha, te acompanhando enquanto você canta uma dúzia de clássicos do Great American Songbook. Tua mãe vai estourar de orgulho. [Leia mais!]

03 Maio

Quase, quase



Jackie Wilson não chegou a ser um expoente da soul music como James Brown, Otis Redding ou Wilson Pickett. Mas bem que poderia.
Em 1968, no pico da fama, sua gravadora bancou um dos discos mais bacanas nessa área que já ouvi: um apanhado de clássicos aparado por uma das maiores orquestras que já subiram em um palco norteamericano: nada menos do que a Count Basie Orchestra.
Foi a última vez que disco seu frequentou a parada de sucessos. O que ficou mesmo foi o corte de cabelo, até hoje o predileto do Jorjão.
Escutem os dois canhonaços "In The Midnight Hour" e, surpresa, "Ode to Billy Joe", que vocês ouviram na semana passada com a dona da música. Se gostarem, já sabem onde achar o resto.

03 In The Midnight Hour by DJ Mandacaru

04 Ode To Billy Joe by DJ Mandacaru [Leia mais!]
16:12:30 - DJ Mandacaru - Comentar

.:: mês anterior :: :: :: :: May 2011 :: :: :: :: próximo mês ::.