:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Tectum Intuentes

Ociosidade produtiva - textos reflexivos, anotações íntimas, sacanagens e demais ressentimentos.


.:: mês anterior :: :: :: :: September 2013 :: :: :: :: próximo mês ::.

23 Setembro

Álvaro Mutis (1923-2013)

Sacanagem, morreu o Álvaro Mutis. Anos atrás separei uma citação dele, descrevendo uma mulher linda, anotei a página até ("p. 83-85"...), mas não consigo saber de que livro tirei. Vai mesmo assim, como homenagem do nosso bloguezinho ao mestre marítimo, Corto Maltese das Colômbias:

"Alguém o olhava do umbral. Levantou a cabeça e não conseguiu dizer nada. O que viu era praticamente impossível de ser traduzido em palavras (...) Era uma aparição de uma beleza absoluta (...) Alta, o rosto harmonioso com traços mediterrâneos orientais que se afinavam até parecerem helênicos. Os olhos eram grandes e negros. O olhar, lento e inteligente, não comportava a pressa ou a revelação de uma emoção desmesurada, coisas que teriam sido consideradas como manifestações de uma desordem inconcebível. Os cabelos, quase azuis de tão negros, caíam sobre os ombros retos que lembravam um kouro do Museu de Atenas. As cadeiras estreitas, de suaves curvas que terminavam em pernas longas e levemente cheias, semelhantes às de algumas Vênus do Museu do Vaticano, davam ao corpo ereto um toque definitivamente feminino que dissipava de imediato um certo ar de efebo. Os seios amplos e firmes completavam o efeito das cadeiras. (...) Os lábios – um pouco salientes e perfeitamente desenhados – insinuaram um sorriso, e as sobrancelhas negras – densas mas sem chegar a quebrar a harmonia do rosto – se distenderam simultaneamente. (...) Tinha uma voz firme; os tons baixos chegavam a alcançar uma rouquidão ligeira e involuntária, mas de uma sensualidade desconcertante".
11:38:53 - Zeno - 2 comentários

07 Setembro

Uma parte de mim pesa e pondera, outra parte delira

Arrasmo mesmo!

A exemplo de todo artista, a única coisa que o intelectual contemporâneo precisa saber é estar onde o povo está. Daí que logo testemunharemos Pondé confinado numa edição de BBB, dançando no Faustão ou desfilando — mas como destaque — numa escola de samba qualquer do Grupo Especial.

Como diria Leda Nagle: é aguardar e conferir.
12:42:38 - Pinto - 6 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: September 2013 :: :: :: :: próximo mês ::.