:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Jornal Velho

Recortes e papéis de ontem, de duas décadas, do mês passado, de hoje - o pesadelo do pessoal de limpeza.


.:: mês anterior :: :: :: :: November 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.

03 Novembro

Alegria, alegria é um estado que chamamos Bahia!

A micareta da vizinha tá presa na gaiola

Não por coincidência vem da terra de Ivete, Clauddia, Nizan, Franciel e tantos outros menos votados a descoberta científica do dia: a perereca de fogo. Foi encontrada bem ali, próximo da serra da Jibóia.

(crdt : uma amêga ruiva, vcs não conhecem, não!)
14:33:59 - Pinto -

02 Novembro

"O rei, está nu"

Interrompemos as comemorações das bodas de cera deste botequim para uma mensagem muito séria: ainda arrebatados pelo edificante debate entre os luminares Nizan Guanaes e Fábio Fernandes, somos assaltados por ela mesmo, Peçonha Racy, que em sua coluna de hoje traz uma hagiográfica entrevista com o primeiro, na qual, inescapavelmente, nada se fala do segundo.

Fomos então dados a conhecer o novo slogan concebido pela magistral criador-criatura baiana para uma campanha de um tal festival fáscion carioca, que reproduzimos como está publicado:

O primeiro povo desta terra, andava nu.


Perceba a natureza genial da criação publicitosa. Evidencia-se a um só tempo que os nativos peladões também não eram chegados a um livro. E pelo visto continuam sem sê-lo.

(Se bem que, pelo conjunto das obras, ficamos aqui duvidando se a intrometida vírgula separando sujeito e predicado ali em cima seria original de fábrica ou apenas mais uma contribuição da perspicaz colunista ao vernáculo pátrio. Vá, saber.)
18:34:55 - Pinto -

.:: mês anterior :: :: :: :: November 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.