:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


.:: post anterior :: :: :: :: navegue pelos posts :: :: :: :: próximo post ::.

presença de anívers

como eu sou, digamos, de poucas luzes no assunto informático, envio, daqui das highlands, uma presa humirde duns amigos dos cafundós dos esteites:
nickelcreek
turminha dum roquinho meio folk meio umontedecoisas batuta nas opção de som e de vida.
entra lá e deixa rolar, o começo é meio estranho mas vai melhorando devagarinho.

mas o mais incrível mesmo é como que isso veio parar aqui.

minha 'diretoria de assuntos existenciais' aqui esteve por aquelas bandas lá pelos começo do quarto final do séc. pass..
fez amigas de todavida, que a turma lá dos interior é muitíssimo batuta, nada a ver c/ aqueles manequins falantes dos 'enlatado' que passa nas tv, nem dos similares fotoshopados das colunas vip.
os cara ali são de carne e osso até a medula, tipos que fizeram aquele paisão do tamanho que ainda é -e que uolstrít tá louca pra acabar, que yuppie morre de vergonha dos pai worker.

e elas nunca mais se viram, passou-se o tal pedaço de séc., e uma delas veio convidada visitar uma outra amiga braziler'a, foi atrás pela rede mundial p/ ver se achava a outra, a diretora acima, e...
num é que se encontraro enfim?

daí foi um cunversê danado, santo skype c/ vídeo: todo mundo ainda bonitinho, 1/4 de séc. mais gordinho mas feliz, o pau da crise lá feio que só, pro povão (por isso que ela só veio convidada, coisa de brasuca rico, quem diria...).
e os poderosos e doces pais -ele, worker de detroit aposentado, ela dona de casa e duma coleção fabulosa de filhos, netos e brinquedos- ambos véíinhos que só, mas cuma alegria de rever a brazilian daughter, que tive que sair de cena p/ tomar uns cáuboizins e não passar vergonha, que nessas hora eu sou um manteiga.

e eis que conhecide na efeméride o sesquicentenário de meia editoria e o sonzin acima, deixado num cd muy querido, pelo velho e fiel correio p/ a amiga distante.

e é isso, a vida àsveiz é engraçada mesmo, né?
posted at 12:39:16 on 03-12-2009 by George Smiley - Category: Especial de Natal


Comentários

Dj Buster Keaton wrote:

Engraçada mesmo, Smiley. A gente ri pouco, mas ri gostoso.
04-12-2009 10:23:03

anaconda wrote:

G, licença para um ofitopique em homenagem a gisele, nova na nano. Vale como dica de presente para amigo secreto
http://digitaldrops.com.br/...
05-12-2009 13:01:39

g. wrote:

fia, ofitopica em outra cena, pô.
o poste é uma delicadeza pros parceiro e vc. atravessando.
troço chato sô...
06-12-2009 10:16:02

g. wrote:

e qdo eu falá que é véínho que só, prestenção; ele morreu hoje, 4 da tarde de lá.
07-12-2009 00:11:21


Incluir comentário

Este post está fechado. Não é possível adicionar novos comentários a ele ou votá-lo