:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


.:: post anterior :: :: :: :: navegue pelos posts :: :: :: :: próximo post ::.

At. Sltv. Bumb. Perf. Bj. Greg. C/ Mass. LingoTr. Compl.

Em homenagem ao espirito aberto do Joel Mabus aí embaixo, topei hoje com aquela recomendação editorial de praxe, na seção de classificados do jornal, que proíbe "referência quanto ao 1) sexo, 2) idade, 3) cor, 4) situação familiar ou 5) qualquer palavra que possa ser interpretada como fator discriminatório". Pode ser falta de perspicácia minha, mas é difícil imaginar algo mais discriminatório (no sentido de classificar, especificar, diferençar, etc) que a seqüência de anúncios publicados logo a seguir. Usando os mesmos números acima, teríamos: 1) "Tatiana travesti", 2) "Eliane Cinquentona", 3) Akemi Japinha Alto Nível", 4) "Anita Coroa Casada Dupla" e 5) "Diego Carioca Bilíngüe".

Acho que nem mesmo a tolerância do Joel resistiria a tamanho ataque de discriminações.

posted at 08:42:24 on 08-10-2010 by Zeno - Category: Jornal Velho


Comentários

Sem comentários


Incluir comentário