:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


.:: post anterior :: :: :: :: navegue pelos posts :: :: :: :: próximo post ::.

caosontos de natal

ultimamente nos temos visto a nos obrigar a vir a convencionar...
(juridiquez é pura treta, o caraio...).

o causo é que o deus, lá na sua cobertura,
que deus só moram em cobertura (e são sempre um só, já reparo?),

deve de olhar as mulheres sendo e dar risada.
(pq deus é paulista, claro, e paulista só dá risada, nunca que ri junto, simplesmente):

enfim, ele lá deve olhar elas sendo, e pensar:
- isso EU nunca vi, ou, - qui caramba, 'isso' EU nunca ia ser capaz de pensar...

e daí, lá no final da garrafa dEle (...), e churchil como um nobre inglez,
considerar:
mas que diabos, hein, num fosse esses mizerávi desses puera desses terrestre,
eu nunca que ia existir e tar aqui me divertindo tanto...

posted at 01:40:50 on 27-12-2013 by George Smiley - Category: Tectum Intuentes


Comentários

Sem comentários


Incluir comentário